Ministério Público opina por deferimento de candidatura de Rosalba

DSC_0278

O Ministério Público Eleitoral com atuação na 34ª Zona Eleitoral emitiu parecer se posicionando a favor do deferimento da candidatura da ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP).

O documento assinado pelo promotor Ítalo Moreira rejeita as impugnações formuladas pelos advogados dos candidatos Francisco José Junior (PSD) e Tião Couto (PSDB).

O membro do parquet entendeu que a situação controversa em torno de Rosalba poderia provocar uma insegurança jurídica no pleito em curso tanto em relação as condenações sofridas por ela no Tribunal de Justiça que não expressam inelegibilidade como pelas condutas verdades nas eleições de 2012 em processos em que ela não era parte, portanto, não foi condenada. “Na ótica ministerial, as situações ensejadoras de inelegibilidade devem ser aferidas de forma restritiva, sob pena de alimentarmos uma insegurança jurídica, pois conceito do que é vida pregressa maculada e ausência de moralidade para ocupar cargo público todos nós temos, mas se mostra variável por uma série de fatores que nos influencia internamente, como ideológico, cultural, entre outros”, argumentou.

O posicionamento do MP eleitoral é um alento à ex-governadora que aguarda o julgamento do pedido de registro de candidatura.

Foto: Carlos Costa

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *