MP Eleitoral pede reprovação de contas de mais um petista

Francisco é mais um petista com problema nas contas eleitorais

O Ministério Público Eleitoral pediu a rejeição das contas de campanha do deputado estadual eleito Francisco do PT. Ele repete o desempenho negativo nesta área apresentado por Isolda Dantas e Natália Bonavides, ambas do PT.

A informação foi dada em primeira mão pelo Blog de Gustavo Negreiros.

A Comissão de Contas Eleitorais do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) encontrou vícios na prestação de contas do futuro deputado.

Confira:

  • descumprimento do prazo de entrega dos relatórios financeiros, representando 32,024% do total de receitas declaradas na prestação de contas;
  • doações recebidas de pessoas físicas, que, somadas totalizam o valor de R$ 3.000,00 (três mil reais), realizadas de forma distinta da opção de transferência eletrônica entre as contas bancárias do doador e do beneficiário;
  • recebimento de recursos de pessoa física desempregada há mais de 120 (cento e vinte) dias, indicando para a ausência de capacidade econômica do doador;
  • omissão da inserção, na prestação de contas, da doação estimada em
  • dinheiro feita pelo candidato FERNANDO WANDERLEY VARGAS DA SILVA (Fernando Mineiro), no valor de R$ 2.127,50 (dois mil, cento e vinte e sete reais e cinquenta centavos).

O MP Eleitoral ainda recomendou o recolhimento de R$ 3 mil ao Tesouro Nacional.

À exemplo de Isolda e Natália Bonavides, se as contas de Francisco do PT forem reprovadas ele não perderá o mandato por causa disso, mas será aberto um precedente para a abertura de um Recurso contra Expedição de Diploma Eleitoral que pode resultar em cassação do cargo eletivo.

Compartilhe:

Comments

comments

3 opiniões sobre “MP Eleitoral pede reprovação de contas de mais um petista

  • 28 de novembro de 2018 em 09:36
    Permalink

    Acredito que todas as outras contas (dos outros partidos e candidatos) verificadas pelo MPE. Devem está completamente corretas. Chama atenção a atuação impecável do MPE. Penso dessa maneira (não entendo do riscado). Não seria mais correto comunicar aos candidatos (a) eleitos estas decisões para que os mesmos se pronunciassem ? Pois as pessoas tomam conhecimento da decisão do MPE, e tiram suas próprias conclusões, sem aguardar muitas vezes as defesas das pessoas acusadas. Ai se forem inocentes ? O estrago já foi feito. O MPE é infalível nas suas avaliações ? Não erram? Vamos aguardar qual será o próximo candidato do PT com suas contas desaprovadas pelo poderoso MPE.

    Resposta
  • 28 de novembro de 2018 em 10:10
    Permalink

    Será que os candidatos do PT teve erro na prestação de contas? Parece até perseguição, seu lá…

    Resposta
    • 28 de novembro de 2018 em 11:02
      Permalink

      É claro que ocorre erros nas prestações de contas de qualquer candidato, somos passíveis de erros. Só que até agora o MPE, só apresenta as contas dos candidatos do PT é com a devida desaprovação. Não poderia aguardar a defesa dos acusados e só depois divulgar sua avaliações?

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *