Rosalba e Beto estão deslocados na disputa pelo Governo (Foto: reprodução)

PP caminha para ficar sem apoiar candidato ao Governo

O rosalbismo, leia-se, o PP, chegou a uma condição em que se encontra sem espaço no palanque de Fábio Dantas (SD) e no da governadora Fátima Bezerra (PT). Muito menos no de Styvenson Valentim (Pode), caso ele seja candidato.

Certo mesmo só o apoio à candidatura ao Senado do ex-ministro Rogério Marinho (PL).

Com a franqueza habitual, o deputado federal Beto Rosado, presidente estadual do PP, tem deixado claro que não se encaixa em um projeto do Solidariedade nem simpatiza com o governismo.

O PP e o rosalbismo está sem rumo nem prumo na disputa pelo Governo. Isso é sintoma de uma doença maior chamada decadência política.

Há quatro anos o rosalbismo era cortejado pelas três principais candidaturas num Pingo da Mei Dia como o de hoje. Agora ninguém dá a mínima.

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter