Presença do segmento empresarial pode ser o “novo” na disputa pela Prefeitura de Mossoró

No comentário de hoje no telejornal Bom Dia Mossoró analisei a possibilidade de um nome do segmento empresarial ser lançado para disputar a Prefeitura de Mossoró no próximo ano.

O Bom dia Mossoró vai ao ar de segunda a sexta-feira às 7h no Canal 10 da TCM com apresentação de Emanuela de Sousa.

Compartilhe:

Comments

comments

7 opiniões sobre “Presença do segmento empresarial pode ser o “novo” na disputa pela Prefeitura de Mossoró

  • 3 de dezembro de 2015 em 00:11
    Permalink

    canto de empresário è sendo empresário. Sabemos muito bem como eles cerceiam a liberdade e os direitos dos trabalhadores da cidade. donos de um cartel chamado comércio no qual quem pleiteia direito na justiça fica sujo e não consegue mais emprego. Os servidores da PMM deveriam votar nesses bondosos empresários dessa cidade quem sabe teriam que ficar em pé durante oito horas diária como acontece com os trabalhadores de comércio sujo de mossoro. Boa sorte!

    Resposta
  • 3 de dezembro de 2015 em 06:48
    Permalink

    Amigo Bruno,
    Esse projeto empresarial (sem nenhum esboço) já nasce condenado ao fracasso.
    Ele se mostra imediatista, sem base ideológica e oportunista.
    Não se chega ao poder a curto prazo, nesse tipo de projeto, o longo prazo é curto e se faz necessário um longo e articulado plano na base (câmara municipal), para posteriormente se pensar em um projeto qualificado e sem oportunismo.
    Veja o exemplo da investida de parte desses empresários no futebol de local (Potiguar), qual o resultado
    .Tenho dito!

    Resposta
  • 3 de dezembro de 2015 em 07:12
    Permalink

    Acho legítimo o anseio da classe empresárial apresentar um nome à prefeitura de Mossoró. No vizinho estado do Ceará houve um movimento – que talvez sirva de inspiração para os empresariais locais. Obra de um grupo de jovens empresários – capitaneados por Tasso Jereissati – abrigados no Centro industrial do Ceará transpuseram os limites do campo empresarial para o político-partidário. Desse grupo surgiu governador, senador,ministro,deputado federal e foi o responsável pelas transformações administrativas/econômicas do Ceará.

    Resposta
    • 3 de dezembro de 2015 em 12:04
      Permalink

      Bosquinho, o que aconteceu no Ceará, foi literalmente diferente do que se pretende na nossa amada urbe.
      No caso do Ceará, esse projeto, foi silenciosamente trabalhado nas bases por muito tempo e colocado em prática por um longo periodo para se chegar a uma disputa majoritária.
      Aqui na terra de Santa Luzia, o projeto nasceu de cima para baixo, portanto imediatista e oportunista, fadado a não sair do canto.
      Pelo que sei, já existe até um nome para concorrer a prefeitura.
      Brincadeira!
      Tenho dito!

      Resposta
  • 3 de dezembro de 2015 em 09:25
    Permalink

    Bom dia Bruno Barreto, eu apoio e acho que está na hora dos empresários tomar conta desta cidade Maravilhosa que é Mossoró, e cito até os nomes, Tião(EBS)Jorge(REPAV) ou Getúlio Vale

    Resposta
    • 3 de dezembro de 2015 em 12:08
      Permalink

      Amigo Iran Veras, por que esses empresários que você citou não concorrem a Câmara de Vereadores, ai sim dariam início a uma mudança ou participação dos empresários na vida política da nossa amada e querida comuna.
      Tenho dito!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *