PREVI-Mossoró: segue o rombo

O rombo do Instituto de Previdência de Mossoró (PREVI) ainda não foi sanado pela prefeita Rosalba Ciarlini (PP). O problema persiste com sete repasses atrasados.

A dívida patronal da Prefeitura é de R$ 12.918.610,47. Já os descontos em contracheque dos servidores não repassados ao PREVI tem uma conta em aberto no valor de 1.394.150,14.

A dívida total é de R$ 14.312.760,61.

Compartilhe:

Comments

comments

Uma opinião sobre “PREVI-Mossoró: segue o rombo

  • 1 de junho de 2019 em 12:57
    Permalink

    Gostaria de ver uma reportagem, do assunto sobre o IPERN. Nê não

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *