Robério enfrenta dificuldades para se viabilizar no PSOL (Foto: autor não identificado)

PSOL “engole mosca” com disputa interna

Com o PT fechado com o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT) para o Senado uma candidatura do PSOL tinha tudo para ser o polo de atração do eleitor progressista que refuta a aliança, mas não é isso que aconteceu.

O PSOL e suas brigas internas adiaram a ocupação desse espaço cujo nome natural deveria ser o do vereador por Natal Robério Paulino. Outros nomes foram lançados como o do ex-candidato ao Governo Freitas Junior e Glaucio Tavares.

Enquanto o PSOL gasta energia no plano interno no externo o deputado federal Rafael Motta (PSB) tomou a decisão ousada de se lançar candidato ao Senado mantendo o apoio à governadora Fátima Bezerra (PT) e ao ex-presidente Lula (PT).

Motta empolgou setores da esquerda insatisfeitos com a aliança com Carlos Eduardo.

O PSOL “engoliu mosca”. O vácuo está sendo ocupado.

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter