Ranieri anuncia saída do Avante (Foto: Elpídio Junior)

Ranieri confirma crise no Avante e que não será candidato: “vou pedir justa causa para deixar o partido”

O vereador de Natal Ranieri Barbosa fez contato com o Blog do Barreto para informa que há sim uma crise instalada no Avante e que ele não só não será mais candidato a deputado estadual como vai deixar a agremiação.

Segundo Ranieri a crise no Avante é com o diretório nacional. “Fui impedido de continuar na presidência do partido pelo presidente Luís Tibé”, explicou.

Ranieri contou que a confusão começou quando a esposa dele, a suplente de deputado federal Karla Veruska, trocou o partido pelo PP. “Karla foi a mulher mais votada do Avante no Brasil em 2018, ficando a frente de outras mulheres que foram eleitas. Mesmo assim nunca recebeu a atenção devia a ponto de sequer ser convidada para o encontro nacional do partido”, relatou. “Eles não aceitaram que ela tenha ido para o PP e me retaliaram”, frisou.

O vereador contou que ao ficar sem o comando da legenda e com a crise instalada coube ao empresário Jorge do Rosário tentar resolver o problema. “Jorge ficou do meu lado em todo o processo. A solução para a crise dada por eles foi manter a nominata de estadual e fazer outra de federal, mas exigiram que eu não tivesse legenda”, revelou.

Ranieri disse não ter gostado das falas de Jorge ao Foro de Moscow nesta sexta-feira e ao Portal Agora RN em que negou a crise e garantiu a legenda. O vereador disse que ainda que conseguisse a legenda ficaria sem acesso ao Fundo Partidário, reduzindo seu potencial de votos de 25 mil para 10 mil. “Não aceito que ele (Jorge) me desminta e nem vou ser esteira para ninguém”, argumentou.

O ex-presidente do Avante elogiou Jorge do Rosário, apesar da crise. “Ele é um cara decente, acho que que tem um bom perfil. Porém não vou ser candidato”, garantiu. “Jorge só errou ao negar a crise mesmo tendo me defendido em Brasília”, completou.

Ranieri informou que vai a Justiça Eleitoral buscar justa causa para mudar de partido e caso não consiga vai esperar a janela partidária para efetuar a mudança de olho na reeleição em 2024.

O foco vai ser em fazer Karla Veruska a candidata a deputado federal mais votada de Natal.

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter