Rejeição vem tendo redução sustentada (Foto: Sandro Menezes)

Rejeição de Fátima reduz nove pontos percentuais em três meses

Num comparativo entre as pesquisas do Instituto Seta realizadas em 7 de fevereiro e 6 de maio é possível concluir que a governadora Fátima Bezerra (PT) viu sua rejeição despencar nove pontos percentuais em números arredondados.

Em 7 de fevereiro ela tinha rejeição de 27,3% (ver imagem abaixo).

Pesquisa Seta de 7 de fevereiro

Já na sondagem de 6 de maio ela apareceu com 18,7% de rejeição, a menor na série histórica do Instituto Seta levando em consideração os últimos 6 meses.

Pesquisa Seta do dia 6 de maio

Se a comparação com o Instituto Seta relativa ao mês de novembro de 2021 é possível perceber que há uma redução sustentável no índice de rejeição. Em 15 de novembro ela tinha 33,6% no Instituto Seta.

Pesquisa Seta de 15 de novembro

A governadora não tem crescido nem visto os adversários encostarem em 2022, num cenário de estabilidade. A maior mudança no quadro eleitoral no Rio Grande do Norte é a que da rejeição da petista em embora ela ainda seja quem tenha os piores números neste quesito.

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter