Rosalba não consegue evitar fim de gestão melancólico

Rosalba não consegue quitar a folha de 2020 (Foto: Web/autor não identificado)

Tudo que a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) queria era não ter um fim de gestão melancólico após sofrer sua primeira derrota eleitoral em 15 de novembro.

Ela imprimiu um ritmo de obras jamais visto nesta gestão.

Pouco adiantou.

Ao admitir que não vai pagar o 13º salários dos servidores municipais dentro do ano vigente ela deixa o cargo de forma melancólica e fazendo o que satanizou no antecessor Francisco José Junior.

Rosalba deixa uma péssima última impressão.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *