“Se fosse parlamentarismo Dilma teria caído com dois meses de mandato”, diz Rogério Marinho

“Se fosse parlamentarismo Dilma teria caído com dois meses de mandato”, assim o deputado federal Rogério Marinho (PSDB) avaliou a situação política da presidente Dilma Rousseff.

A declaração foi dada durante entrevista ao Meio-Dia Mossoró da 95 FM.

Ele defendeu uma reforma política aprofundada com implantação do parlamentarismo e o fim de privilégios. “Toda a classe política poderia ter um gesto de renúncia que também fosse estendido ao judiciário”, frisou.

Sobre  Mossoró, o deputado declarou ser a favor de uma candidatura tucana a prefeito da cidade em 2016. “Nós temos um nome em Mossoró. Temos uma deliberação do diretório nacional para lançar uma candidatura nos municípios de maior representatividade e Mossoró é um deles”, frisou.

Ele disse não ver contradição em defender uma candidatura própria ao mesmo tempo em que seu partido integra a administração municipal. “Um vereador isolado precisa dar satisfação as suas bases, mas no caso de Francisco José nós participamos da eleição dele e convalidar a administração dele é uma outra decisão. Essa crítica nos dar a possibilidade de apresentar uma alternativa”, destacou.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *