Segue o drama dos terceirizados da Prefeitura de Mossoró

Trabalhadores cobram pagamento de salários (Foto: cedida)

Com exceção da Vale Norte, empresa responsável pela limpeza urbana da cidade, todas as terceirizadas que prestam serviços à Prefeitura de Mossoró estão com os salários de dezembro em aberto.

Segundo o Blog do Barreto apurou o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) de dezembro já está pago pelas empresas, cumprindo um dos requisitos legais para receber o dinheiro da Prefeitura de Mossoró.

São mais de 850 pais e mães de famílias com contas atrasadas. De acordo com a coordenadora regional do Sindicato dos Trabalhadores em Asseio, Conservação, Higienização e Limpeza Urbana do Estado do Rio Grande do Norte (Sindlimp) Aldeiza Sousa a alegação é de que os secretários ainda estão se inteirando da situação. “Alguns secretários ainda alegam que não houve transição de governo e que estão tomando noção da situação. Os supervisores das terceirizadas alegam que aguardam repasse do município”, explicou. “Agora eu pergunto: contratos com valores tão altos, não têm como essas empresas pagarem pelo menos DEZEMBRO?”, questionou.

Confira abaixo a dívida das empresas:

Athos (educação): 200 trabalhadores

Athos (saúde): 200 trabalhadores

Estratégica (administração): 200 trabalhadores

Conceito (desenvolvimento social): 145 trabalhadores

Releecum (jardinagem): 110 trabalhadores

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *