Girão vota mais uma vez contra a cultura (Foto: autor não identificado)

Só Girão vota a favor de vetos a leis Paulo Gustavo e Aldir Blanc 2

Dos oito deputados federais e dos três senadores do Rio Grande do Norte apenas General Girão (PL) votou a favor de manter o veto do presidente Jair Bolsonaro (PL) aos projetos que garantem R$ 3,86 bilhões do Fundo Nacional de Cultura e do Fundo Setorial de Audiovisual para artistas para compensar as perdas sofridas ao longo da crise estabelecida pela pandemia de covid-19 no país.

Por outro lado, o deputado Walter Alves (MDB) se ausentou do pacote de vetos que incluía a Lei Aldir Blanc 2, mas votou pela derrubada do veto à Lei Paulo Gustavo.

Mesma postura, só que no sentido inverso, tiveram Carla Dickson (União) e Beto Rosado (PP).

Os três senadores do RN – Jean Paul Prates (PT), Styvenson Valentim (Podemos) e Zenaide Maia (PROS) – votaram pela derrubada dos dois vetos assim como Natália Bonavides (PT),  João Maia (PL), Rafael Motta (PSB) e Benes Leocádio (União).

Os vetos foram apreciados em sessão conjunta da Câmara e do Senado.

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter