Natália Bonavides foi a única potiguar a se posicionar contra cobrança de mensalidades em universidades públicas (Foto: Mariana Taccolini)

Só Natália Bonavides se manifestou contra cobrança de mensalidade em universidades públicas

Entre os deputados federais do Rio Grande do Norte somente Natália Bonavides (PT) se manifestou contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 206/2019 que estabelece a cobrança de mensalidades nas universidades públicas.

“EDUCAÇÃO NÃO É MERCADORIA! É um absurdo que seja cogitado a cobrança de mensalidades nas universidades públicas. Barraremos esse ataque”, disse a deputada no Twitter sobre a proposta que foi colocada e retirada da pauta da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal.

General Girão (PL), João Maia (PL), Carla Dickson (UB), Benes Leocádio (UB), Beto Rosado (PP), Walter Alves (MDB) e Rafael Motta (PSB) não se manifestaram sobre o assunto nas redes sociais.

A proposta apresentada pelo deputado federal General Peternelli (UB/SP) é relatada por Kim Kataguiri (UB-SP). A proposta prevê que a cobrança de mensalidades para os alunos que reúnam condições socioeconômicas de pagar.

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter