Só um deputado RN vota a favor de quarentena para policiais se candidatarem

Os oito deputados do Rio Grande do Norte votaram a favor das mudanças no Código Eleitoral provadas nesta quinta-feira na Câmara dos Deputados.

Já na votação do destaque que propunha a quarentena de cinco anos para policiais se candidatarem apenas Rafael Motta (PSB) se posicionou favorável a propostas que foi rejeitada com 411 votos.

Natália Bonavides (PT), General Girão (PSL), Carla Dickson (PROS), João Maia (PL) e Benes Leocádio (Republicanos) foram contrários.

Walter Alves (MDB) e Beto Rosado (PP) se ausentaram do plenário.

Reforma eleitoral

O texto-base da reforma eleitoral foi aprovado por 378 x 80 e tem alguns avanços como a regulamentação das candidaturas coletivas nas chapas proporcionais e das fake news como crimes eleitorais. Mas tem retrocessos como o fim do sistema próprio da Justiça Eleitoral para fiscalizar as contas partidárias e a proibição de divulgação de pesquisas eleitorais na véspera e no dia da eleição.

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter