Categorias
Artigo

Derrota de Cunha na Câmara foi maior que no impeachment de Collor

cunhaecollor

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB/RJ) sofreu ontem uma derrota superior à do hoje senador Fernando Collor (PTC/AL). No impeachment de 1992, o alagoano teve 441 votos a favor e 33 contra. Já o outrora todo poderoso do país teve 450 votos pela cassação, dez contra e nove abstenções.

O que pouca gente sabe é que a história de Cunha e Collor é antiga. O primeiro entrou na política apadrinhado por PC Farias e se tornou o tesoureiro do Comitê Eleitoral de Collor. Graças a isso, Cunha assumiu a presidência da Telerj onde iniciou a folha corrida de escândalos de corrupção.

Cunha ainda chegou a ser processado no famoso “Caso PC” em 1996, mas acabou blindado por um habeas Corpus conedido pela Primeira Turma do Tribunal Regional Federal.

Categorias
Entrevista

Queda de Cunha só foi possível graças ao voto aberto

Hoje em vez do comentário político, tive um bate-papo com a jornalista Manu de Sousa no Bom Dia Mossoró sobre a queda de Eduardo Cunha. Confira:

https://www.youtube.com/watch?v=dKTQACWZm6A&feature=youtu.be

Categorias
Comentário do dia

Futuro de Cunha será decidido hoje