Categorias
Sem categoria

Assista vídeo em que prefeito se posiciona sobre polêmica com governador

Categorias
Matéria

“Aguardaremos uma posição do governador”, diz Francisco José Junior

Silveira

O prefeito Francisco José Junior (PSD), candidato a reeleição, escolheu o Facelive para dizer que acredita que foi um mal-entendido a desatenção do governador Robinson Faria (PSD) com a primeira dama Amélia Ciarlini. “Aguardaremos uma posição do governador. Prefiro acreditar que ele jamais deixaria de atender uma ligação da minha esposa”, avaliou.

Ele explicou que a primeira dama se confundiu e usou a senha dele do Facebook. “Amélia fez isso sem combinar comigo”, garantiu.

O prefeito disse ainda que se o governador não seguir com ele, a vida seguirá: “Se eu for abandonado mais uma vez vou resistir”.

Ele aproveitou a oportunidade para alfinetar a ex-governadora Rosalba Ciarlini, sua adversária na disputa pela Prefeitura de Mossoró, lembrando que ela não investiu em saúde. “Houve uma falta de atenção de uma governadora com a sua cidade. Cid Gomes construiu três hospitais em Sobral, mas Rosalba não pagou nem o plus”, disparou.

Ele disse que o desabafo de Amélia foi motivada pelas dificuldades na saúde onde a Prefeitura de Mossoró assume uma conta que deveria ser do Governo do Estado. O chefe do executivo municipal disse esperar mais de Robinson Faria nessa área. “Esperávamos que a falta de apoio da governadora na saúde fosse superada elegendo Robinson”, disse.

O prefeito explicou que os problemas na saúde provocaram o atraso dos terceirizados. “Chegou um momento em que ou eu pagaria os terceirizados ou pagaria as cooperativas. Eu não poderia deixar as pessoas morrerem. Há uma dívida do Governo do Estado com Mossoró”, disse.

A Prefeitura é obrigada a investir 15% na saúde e hoje colocar 32% do orçamento.

Amélia

No final da transmissão Amélia, declarou que tem as opiniões dela que não necessariamente são as mesmas do prefeito. “Nós temos força e podemos caminhar, sim, com os nossos esposos com as nossas opiniões”, frisou.

Categorias
Matéria

Primeira dama escancara crise entre Francisco José Junior e Robinson Faria

Amélia_CHORO

Num vídeo de pouco mais de 20 minutos a primeira dama Amélia Ciarlini transformou um boato com ares de verdade em fato: a crise entre o prefeito Francisco José Junior (PSD) e o governador Robinson Faria (PSD).

Logo no começo ela leu uma mensagem de Whatsapp enviada ao governador e solenemente ignorada por ele. Amélia conta que ele visualizou e não respondeu. O comunicado pede apoio e a presença de Robinson em Mossoró. “Eu resolvi fazer esse face live para expor essa mensagem que eu mandei para o governador. Eu vi que ele tinha lido e não respondeu”, disparou.

A primeira dama lamentou o desprezo de Robinson e lembrou que Francisco José Junior ajudou ele quando ninguém acreditava no então candidato a governador. “Eu coordenei a campanha de Robinson e a campanha de Fábio Faria em Mossoró… o mínimo que eu poderia esperar era que ele me receberia”, desabafou.

Ela contou que após ser ignorada por Robinson, buscou contato com uma assessora do deputado federal Fábio Faria (no caso a jornalista Stella Dantas). Amélia disse que iria a Natal e só sairia de lá se fosse recebida pelo governador. Como resposta, foi desaconselhada a ir porque não seria recebida.

A primeira dama afirmou em tom de choro que as duas alas da família Rosado, hoje unidas, fizeram uma oposição sistemática ao prefeito. “Ele governou esses dois anos sendo caluniado diariamente pelas rádios da cidade”, disparou.

Amélia lembrou que os problemas enfrentados na saúde são semelhantes aos de gestões passadas. “Se as oligarquias tivessem feito a saúde como marco, como foco eu pergunto a vocês: faltaria remédio?”, questionou.

Ela ainda relatou que a Prefeitura de Mossoró vem assumindo a responsabilidade sobre a alta e média complexidade que deveria ser do Governo do Estado. “Como poderia tá (sic) bem melhor se investimos 32% se nós tivéssemos um governador que tivesse cumprido com o prometido, que estivesse aqui mostrando a cara ou dizendo porque que não pode fazer e não um governador que abandonou meu marido quando eu estava grávida no patamar da igreja, da Catedral de Santa Luzia”, disse lembrando do episódio das vaias do último dia 13 de dezembro quando o governador se omitiu de discursar para não ser vaiado como o prefeito.

No final do pronunciamento ela contou que não é mais apoiadora do governador. “Eu não sigo mais com o apoio de um político que eu não acredito… o senhor governador Robinson Faria… não possível alguém ter feito tanto por alguém e se recusar a receber a esposa dele”, acrescentou.

A primeira dama anunciou que vai se desfiliar do PSD. “Eu estarei me desfiliando do PSD e não faço mais parte dessa política do senhor Robinson Faria”, avisou.

Ela ainda disse que o povo não está reconhecendo as ações do prefeito. “Nas pesquisas as pessoas não sabem o que Francisco fez”, lamentou.

O Blog do Barreto fez contato com a assessoria do prefeito Francisco José Junior que informou que não há rompimento. Também foi feito contato com a assessoria da Robinson Faria que avisou que ele não vai se pronunciar sobre o assunto.

Nota do Blog

A primeira dama expos uma situação humilhante para ela e o prefeito Francisco José Junior. Para os apoiadores do chefe do executivo municipal ela fez um ato de coragem. Para os opositores é um sinal de desespero.

Para este jornalista, trata-se de uma declaração de rompimento. O governador não retribuiu o apoio recebido em 2014. Cruel? Pode ser. Mas Robinson não tem gordura para queimar por também estar desgastado. Entre salvar a própria pele e Francisco José Junior, Robinson vai ficar com a primeira opção. Política não se faz com fígado, nem com o coração. Mas com razão.

Categorias
Artigo

O tripé carisma, máquina e poderio econômico está fragmentado

Tião_campanha Francisco_jose_jr_ilha Rosalba_vuco_vuco

Desde 2000 as disputas políticas em Mossoró vinham sendo focadas em um tripé formado pelo carisma, a máquina pública e o poderio financeiro reunidos em um único grupo político.

Foi assim nos pleitos posteriores. A eleição deste ano é muito parecida com a de 1996 quando a gestão municipal estava profundamente desgastada. A diferença é que o poderio financeiro não estava marcado em algum grupo.

Em 2016, temos o tripé que nos últimos anos esteve concentrado no rosalbismo agora está fragmentado. A força da ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP) está no carisma que faz com que temas espinhosos que giram em torno dela sejam ignorados ou relativizados por parcela significativa do eleitorado; o prefeito Francisco José Junior (PSD) conta com a força da máquina pública e o candidato Tião Couto (PSDB) conta com o maior poderio financeiro entre os candidatos.

O tripé que definiu as últimas eleições em Mossoró está definitivamente fragmentado.

Categorias
Matéria

Gilson Cardoso confirma apoio a Francisco José Junior

Apoio Gilson Cardoso (2)

O radialista e desportista candidato a vereador pelo PRB, Gilson Cardoso, oficializou seu apoio à candidatura do prefeito Francisco José Junior (PSD) em Mossoró. O anúncio foi feito durante encontro realizado pelo comunicador nesta segunda-feira, 29, no bairro Aeroporto.

“Não sou da turma do ‘quanto pior melhor’ e reconheço o grande trabalho de Francisco em apenas dois anos como prefeito de Mossoró. Estou apoiando sua reeleição por entender que suas ações precisam ter continuidade. Eu e Francisco agora estamos juntos para defender o povo. Sou um parceiro”, declarou Gilson Cardoso ao recepcionar o candidato a prefeito.

Francisco agradeceu a Gilson e reconheceu a importância de ter o apoio do comunicador. “É de muito orgulho e comemoração receber o apoio tão importante de Gilson Cardoso. Um radialista conceituado, que conhece muito bem Mossoró e que tem toda a sua história de vida ao seu favor”, comemorou Francisco.

O encontro contou com a participação de diversos profissionais da mídia, apoiadores de campanha e vários desportistas. “Por muito tempo, Gilson foi usado, em outras campanhas, só para angariar votos e eleger outras pessoas. Aqui, é diferente. Ele tem voz e vez, e temos uma grande alegria de caminharmos juntos com este profissional de grande relevância no rádio e televisão mossoroense. Gilson não será mais trampolim para ninguém. Ele tem a marca de seus trabalhos em favor dos mais carentes e pode defender ainda mais o povo na Câmara”, concluiu Francisco.

Categorias
Matéria

Prefeito destaca antigas reivindicações atendidas por gestão

Francisco_jose_jr_ilha

Em cada reunião durante a campanha à reeleição, o candidato Francisco mostra que sua gestão nos últimos dois anos na Prefeitura de Mossoró é baseada nas ações, não apenas em promessas. Nesta segunda-feira, 29, na Ilha de Santa Luzia, os moradores da região ouviram um pouco sobre antigos sonhos que Francisco tornou realidade e outros que estão sendo viabilizados.

Um exemplo do que a população já usufrui é a nova Unidade Básica de Saúde da Ilha, que antes funcionava em prédio deteriorado e depois de 20 anos de promessa de gestores anteriores, agora funciona em local totalmente estruturado, uma UBS modelo, para atender às famílias, graças a Francisco.

Agora, é a vez da Ponte da Rua Benício Filho começar a sair do campo das promessas para ser uma conquista dos moradores. Durante reunião nesta sexta, Francisco destacou que as obras já serão iniciadas até o próximo mês.

“A licitação já aconteceu e a empresa que venceu o processo licitatório já fez as medições. Promessas de mais de 20 anos, de pelos menos três outros prefeitos, agora estão sendo cumpridas na nossa gestão. Ninguém governa para o povo só com promessas. A população precisa de ações”, garantiu Francisco.

A Ponte ligará a Ilha de Santa Luzia ao bairro do Alto da Conceição, por meio da Rua Benício Filho, melhorando o fluxo de automóveis e a mobilidade da região. “É uma obra muita aguardada e reivindicada pela comunidade. Nós, mesmo neste momento de crise, seguimos com projetos que melhoram a vida das pessoas. Essas conquistas dependem da boa vontade do gestor e é nesse sentido que estamos trabalhando há dois anos. Queremos fazer muito mais em mais um mandato”, discursou.

Categorias
Matéria

Gutemberg Dias e Francisco José Junior ainda não inseriram dados de gastos de campanha

 

Os candidatos Francisco José Junior (PSD) e Gutemberg Dias (PC do B) ainda não prestaram contas de campanha até o momento.

O prazo para a apresentação da primeira parcial da prestação de contas é entre 9 e 13 de setembro. O relatório final deve ser apresentado até 1º de setembro.