Categorias
Matéria

Processo para o porte de arma de fogo da Guarda Municipal avança e chega à última fase

Porte de arma institucional para Guarda de Mossoró está próximo de ser concretizado (Foto: Célio Duarte)

Na tarde de ontem (24), foi assinado o Termo de Cooperação Técnica e Plano de Trabalho, que regulamenta o porte institucional de arma de fogo da Guarda Municipal, avançando o processo para o curso de tiro (última fase). O documento foi assinado pelo prefeito Allyson Bezerra na sede da Superintendência da Polícia Federal em Natal/RN.

O porte institucional era um sonho da categoria, que aguardava o momento há mais de nove anos. O processo para o porte foi iniciado em fevereiro deste ano, passando por uma série de etapas e agora alcançando a última fase. O chefe do Poder Executivo, Allyson Bezerra, destaca a importância do equipamento para a segurança da cidade.

“Nós reconhecemos o papel importante da Guarda Municipal para a população mossoroense e os bens públicos, num trabalho complementar à própria segurança pública, que precisa sempre de reforço à vida do cidadão”, comentou o prefeito. Allyson ainda lembrou que no início da gestão foi realizada uma renovação da frota de veículos da Guarda Municipal. “Hoje temos uma frota nova, mais equipada. Já distribuímos novos fardamentos, mas nós queremos que toda a Guarda Municipal tenha um fardamento completo e isso soma com o porte institucional”, disse.

Guarda Municipal há nove anos, Diogo Jales relatou a representatividade do porte institucional para a categoria. “É um momento ímpar. Representando toda a categoria agradeço por esse momento. São quase 300 guerreiros trabalhando dia a dia, lutando pelo porte institucional. Muito agradecido por essa conquista que antes era um sonho e agora vira realidade”, enfatizou.

Titular da pasta, Cledinilson Morais diz que a assinatura do termo é mais um passo dado para armar a Guarda. “O porte vem para auxiliar esses guerreiros no trabalho ostensivo que vem sendo desenvolvido na cidade. Vamos trabalhar para levar mais segurança para a cidade”, afirmou.

Estiveram na celebração da assinatura do termo Cledinilson Morais, secretário de Segurança; Bruno Martins, secretário de Comunicação; Luís Carlos, superintendente regional da Polícia Federal e o vereador Tony Fernandes, representando a Câmara Municipal de Mossoró.

Categorias
Matéria

Prefeito assina termo de cooperação para armar Guarda Municipal

Prefeito assinou termo hoje (Foto: Wilson Moreno/Secom)

Após nove anos de espera, a Guarda Civil Municipal (GCM) de Mossoró avança para obter liberação do uso de armamento de fogo. A Prefeitura de Mossoró assinou um termo de cooperação com a Polícia Federal para concessão de porte de arma de fogo ao efetivo da corporação, nesta quarta-feira (3).

“Um compromisso nosso, vamos armar a Guarda Civil Municipal do nosso município. Vamos dar melhores condições para Guarda Municipal, valorizar e fazer da nossa Guarda Municipal cada vez mais forte, atuante e mais disposta a atender nossa população do nosso município. Com certeza Guarda Municipal equipada, forte e valorizada é o município de Mossoró mais seguro”, afirmou o prefeito Allyson Bezerra, durante assinatura do termo.

Participaram da assinatura do termo o secretário Municipal de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito, Cledinilson Oliveira, o comandante da GCM Thiago Fernandes, GCM Jales e o inspetor Giliardes.

“É um grande passo dado hoje para institucionalização do porte de arma da Guarda Municipal, coisas que há nove anos a Guarda Municipal vem tentando e hoje nós damos mais um passo importante para institucionalização do porte de arma da Guarda Municipal”, disse o secretário Cledinilson Oliveira.

A Polícia Federal fará a revisão da documentação e depois dará autorização para que a GCM inicie os testes e treinamentos. A próxima etapa para que a Guarda Municipal receba a liberação para uso de arma de fogo nas atividades de patrulhamento é o psicoteste (teste psicológico). Logo depois, os guardas precisam passar por treinamento técnico.

“Primeiro os guardas irão passar pelo psicoteste e, em seguida, vão participar de um treinamento de tiro, o Curso de Tiro. Em seguida, estarão aptos a receber o porte institucional”, explicou secretário Municipal de Segurança Pública.

Atualmente, a GCM conta com pistolas de eletrochoque e equipamentos de colete balístico. Com a Guarda Municipal armada o efetivo poderá atuar de forma mais ampla nas ruas, bairros e comunidades rurais da cidade.

“Foi grande passo que demos hoje para nossa instituição que vem lutando há nove anos através dessa demanda. Vamos dá seguinte a todo o treinamento da Guarda Municipal e capacitação da nossa guarda. O porte institucional para gente poder adequar a situação que vive nossa cidade, a situação de violência. Com o armamento e segurança para trabalhar vai dar proteção ao cidadão mossoroense”, destacou o comandante da GCM Thiago Fernandes.

Desde o início do ano, a Secretaria Municipal de Segurança Pública adotou algumas mudanças, que geraram resultados positivos na segurança do município. Uma nova estratégia de patrulhamento foi adotada com a equipe da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU). O trabalho ostensivo possibilitou a localização de veículos abandonados com queixa de roubo, dentre outras ações.

Secom/PMM