Categorias
Matéria

Bolsonaro inaugurou obra inacabada em Parnamirim que só vai funcionar em maio

Portal 98 FM

A estação do VLT do bairro Cajupiranga, em Parnamirim, só vai começar a funcionar em maio, apesar de ter sido formalmente inaugurada nesta quarta-feira (30) pelo Governo Federal em uma cerimônia que contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PL) e de quatro ministros, entre outras autoridades.

O anúncio de que a estação não vai funcionar de imediato foi feito nesta quinta-feira (31) pela Prefeitura de Parnamirim e confirmada ao PORTAL DA 98 FM pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).

Segundo a companhia, a inauguração de quarta-feira foi em “fase de testes”. A viagem que o presidente fez a bordo do VLT entre as estações de Cajupiranga, Boa Esperança e Centro, em Parnamirim, foi a primeira da composição.

Durante o mês de abril, a CBTU fará testes operacionais no último trecho inaugurado por Bolsonaro. A expectativa é que tudo esteja funcionando nos primeiros dias de maio.

Durante a inauguração desta quarta-feira, Bolsonaro atacou o sistema eleitoral brasileiro, fez críticas a governos anteriores e promoveu a despedida de Rogério Marinho do Ministério do Desenvolvimento Regional. O agora ex-ministro será candidato a senador pelo PL no Rio Grande do Norte.

A Estação Cajupiranga é parte da Linha Branca e integra o Trecho I, que vai atender o perímetro urbano de Parnamirim, com 3,4 quilômetros de via férrea. O investimento nesta etapa é de R$ 17,5 milhões. O primeiro ponto de parada da linha férrea, a Estação Boa Esperança, foi inaugurada em fevereiro.

As obras da Linha Branca, que vai contar com três trechos ao todo, foram iniciadas em fevereiro de 2021 e beneficiarão 11 mil passageiros. Serão construídos 23,4 quilômetros de vias, com cinco novas estações a partir de Parnamirim, passando por São José de Mipibu e chegando até Nísia Floresta. O investimento federal é de R$ 69,1 milhões.