Categorias
Sem categoria

RN é desprestigiado no orçamento secreto

Uma reportagem do G1 revelou a relação habitantes x envio de recursos via orçamento secreto, conhecido também como emenda do relator. Na lista o Rio Grande do Norte é um dos dez estados menos beneficiados.

Com 3.560.903 habitantes o Rio Grande do Norte recebeu via orçamento secreto R$ 132.180.719 numa média de R$ 37,13 por morador.

O Estado mais beneficiado na relação habitante x orçamento secreto foi Roraima com R$ 679,93 por morador.

O Piauí do ministro chefe da casa civil Ciro Nogueira é o quarto e Alagoas do presidente da Câmara dos Deputados Arthur Lira ocupam respectivamente quarto e sexto lugar no ranking com R$ 251,68 e R$ 147,81 por habitante.

Mesmo com dois ministros e deputados alinhadíssimos com o bolsonarismo o Rio Grande do Norte ficou entre os Estados menos atendidos com a liberação das emendas do orçamento secreto, ocupando a 19ª colocação.

Confira a reportagem completa AQUI.

Categorias
Matéria

Emendas do orçamento estão na mesa de negociação para escolha do candidato bolsonarista ao Governo

O Potiguar

O fato já circula nas rodas de café e uma fonte graúda confirmou para o blog. Quem quiser ser candidato ao governo para defender Jair Bolsonaro terá acesso às emendas do relator, chamadas de orçamento secreto. Ele teria poder de manuseio sobre as emendas para negociar com prefeitos.

O próprio presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira de Souza, que foi sondado pela oposição bolsonarista para ser candidatar ao governo contra Fátima Bezerra, teria recebido a possibilidade caso aceitasse.

Ele não aceitou.

As emendas do orçamento secreto estão gravitando na imprensa nacional porque, após o período de transparência quebrado pelo Supremo Tribunal Federal que mandou o congresso atribuir publicidade aos atos, estão sendo permeadas pelo emprego sem base técnica e com superfaturamento de recursos para atender aliados do presidente Jair Bolsonaro. A Codevasf ligada ao Ministério do Desenvolvimento Regional do ex-ministro Rogério Marinho e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação são os alvos principais.