Uma candidatura retirada sem necessidade de anúncio

Fábio Dantas tem sonho antigo de chegar ao TCE (Foto: José Aldenir / Agora Imagens)
 (Foto: José Aldenir / Agora Imagens)

Quem apostou na candidatura de Fábio Dantas (PSB) ao Governo do Estado se deu mal. Ele mesmo é o maior prejudicado com a estratégia de romper com Robinson Faria (PSD) se convertendo em um vice-governador dissidente.

Fábio foi para o PSB com a garantia de ter um palanque para ser candidato ao Governo com a estrutura do PSDB. O tucanato potiguar preferiu ficar com Robinson deixando o neossocialista isolado.

Durante todo o período Fábio deu traço nas pesquisas. De repente ele sumiu da mídia.

A candidatura de Fábio nasceu para ser retirada e só ele não sabia disso.

Nem precisou de anúncio formal.

O PSB busca desesperadamente um lugar para salvar os mandatos de Rafael Motta e Ricardo Motta na proporcional.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *