Vereadores usam verba de gabinete para pagar alimentação em finais de semanas e recesso parlamentar

Final de semana, dia de não trabalhar. Férias, período de descanso época em que o trabalhador pensa em tudo menos em trabalho. Já pensou poder nessas datas almoçar e jantar mandando a conta para seu patrão pagar? É assim que acontece com os vereadores.

A verba indenizatória foi usada para em finais de semana para pagar jantares e almoços pelos vereadores totalizando R$ 5.105,41. Já no recesso parlamentar foram R$ 5.638,35 gastos pelos parlamentares usando a verba indenizatória. Os valores totais podem até ser baixos, mas mostra distorções na forma como os recursos são usados.

Os técnicos do Tribunal de Contas do Estado (TCE) identificaram que ao longo de 2014 que por 52 vezes os vereadores comeram nos finais de semana descontando na verba indenizatória. É como se pelo menos em um fim de semana daquele ano um parlamentar tivesse comido e mandado a conta para o contribuinte. Quem mais fez isso foi Lucélio Guilherme (PTB). Foram 16 oportunidades. Mas quem mais gastou verba indenizatória em finais de semana foi Flávio Tácito (PPL) totalizando R$ 1.613,72.

Durante os 75 dias de recesso parlamentar de 2014, em 48 deles, os vereadores comeram e mandaram a conta para o contribuinte. Mais uma vez que mais vezes fez isso foi Lucélio Guilherme que pagou 10 contas com recursos da verba. Quem mais gastou no período foi Lairinho Rosado (PSB) que nas quatro vezes que pediu verba indenizatória acumulou R$ 920,29.

Dez vereadores não comeram em finais de semana usando verba indenizatória para pagar a conta. São eles: Tassyo Mardonny (PSDB), Cícera Nogueira (PSD), Tomaz Neto (PDT), Alex Moacir (PMDB), Alex do Frango (PMB), Ricardo de Dodoca (PROS), Genilson Alves (PMN), Vingt-un Neto (PSDB) e Heró Silva (PTC).

Francisco Carlos não utilizou verba com alimentação em finais de semana, mas no recesso parlamentar. O presidente da Câmara Jório Nogueira (PSD) fez o inverso, utilizou em finais de semana, mas não durante o recesso.

Gastos com alimentação com verba indenizatória em finais de semana

Vereador Frequência Total Gasto
Flávio Tácito (PPL) 14 vezes R$ 1.613,72
Lucélio Guilherme  (PTB) 16 vezes R$ 1.542,12
Genivan Vale (PDT) Nove vezes R$ 601,05
Narcízio Silva (PR) Uma vez R$ 387,05
Izabel Montenegro (PMDB) Três vezes R$ 373,78
Soldado Jadson (SD) Três vezes R$ 131,76
Jório Nogueira (PSD) Uma vez R$ 129,20
Celso Lanches (PSC) Duas vezes R$ 116,83
Manoel Bezerra (PRTB) Uma vez R$ 105,00
Claudionor dos Santos (PEN) Uma vez R$ 69,60
Lairinho Rosado (PSB) Uma vez R$ 35,30
Total 52 vezes R$ 5.105,41

 

Gastos com alimentação em recesso parlamentar

Vereador Frequência Total Gasto
Francisco Carlos (PP) Cinco vezes R$ 369,80
Lucélio Guilherme (PTB) 10 vezes R$ 824,23
Vingt-un Neto (PSDB) Seis vezes R$ 754,35
Narcízio Silva (PR) Duas vezes R$ 677,29
Izabel Montenegro (PMDB) Duas vezes R$ 128,19
Celso Lances (PSC) Três vezes R$ 447,00
Claudionor dos Santos (PEN) Três vezes R$ 586,90
Lairinho Rosado (PSB) Quatro vezes R$ 920,29
Manoel Bezerra (PRTB) Cinco vezes R$ 453,97
Genivan Vale (PDT) Oito vezes R$ 1.396,62
Total 48 vezes R$ 5.638,35
Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *