Por que quero ser reitora (3) – Por Ludimilla Oliveira

Lidimilla Oliveira é candidata a reitora da UFERSA (Foto: |web/autor não identificado)

Por Ludimilla Oliveira*

Aos 15 anos a UFERSA, com 53 anos de história ESAM -UFERSA, precisa de mudança.

 Primeiro, construir uma identidade de uma Universidade que é capaz de transformar a realidade  do semiárido e o mundo, por meio do ensino, da pesquisa e da extensão.

Segundo, a UFERSA em seus espaços de atuação multicampi precisa trabalhar como uma só. A geografia, apenas define a vocação do lugar, mas é preciso ter uma Universidade forte, valorizada e integrada em todas ações, com resultado e impacto na sociedade, onde quer que ela esteja fincada.

Terceiro, a UFERSA precisa alcançar o patamar de uma Universidade estruturada para atender as demandas locais, regionais, nacionais e internacionais em todas as áreas do conhecimento. Todos os cursos de graduação e pós-graduação tem que ser vistos de maneira igualitária, inclusiva e projetada para o futuro.

Ser reitora nesse momento, é garantir o compromisso com a comunidade acadêmica das e dos estudantes, com servidoras (es) docentes e técnicos, terceirizadas(os) e com a sociedade que vamos trabalhar com equidade, respeito, comprometimento e transparência nos atos e  nas ações administrativas, só assim teremos espaços democráticos não só  de discussão, mas de atuação que é o mais importante, fazer acontecer.

Acredito na mudança da UFERSA, como primeira reitora porque fazer, saber fazer é nossa marca.  Já está na hora de agir com transparência, de conquistar espaços novos e de fazer da Universidade um espaço de reconhecimento contínuo na vida das pessoas que lá estão. Está na hora, de fazer a história sem esquecer a memória e de valorizar, fortalecer sem preterir.

Certa da minha missão, assumo frente à comunidade Ufersiana e a sociedade, a certeza de mudar, porque vamos todas e todos juntos, viver uma UFERSA que não precisa apenas acreditar vai ter mudança, mas que vai viver e contar as mudanças.

*É pesquisadora e professora da UFERSA

Este artigo não representa necessariamente a mesma opinião do blog. Se não concorda faça um rebatendo que publicaremos como uma segunda opinião sobre o tema.

O espaço foi aberto aos demais candidatos a reitor da UFERSA para se posicionarem neste formato.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *