Governo atende demanda de Isolda e anuncia recapeamento da RN-012, em Grossos

Demanda de Isolda é atendida (Foto: João Gilberto/ALRN)

Atendendo às solicitações da deputada estadual Isolda Dantas (PT), a governadora do Estado, Fátima Bezerra (PT), confirmou o serviço de recapeamento da RN-012, que liga o município de Grossos ao município de Tibau, no Oeste potiguar. O recapeamento da rodovia é uma demanda solicitada por Isolda desde 2019, quando chegou à Assembleia Legislativa.

Segundo o Departamento de Estradas de Rodagens (DER/RN), a licitação para as obras de recapeamento da rodovia será concluída em outubro e as obras devem ser iniciadas ainda este ano.

A solicitação de Isolda para o recapeamento da rodovia foi assinada nos requerimentos 135/2019, 05/2020 e 207/21. Nos pedidos, a parlamentar destaca a necessidade de manter a estrada trafegável, tendo em vista a existência de buracos encontrados ao longo da extensão. “Os buracos podem ser causadores de acidentes e, deste modo, não tornam a estrada segura para quem nela trafega”, afirmou a deputada.

Em outubro de 2020, um casal morreu após sofrer um acidente na RN-012, nas proximidades da Praia de Gado Bravo e motivou, novamente, o pedido de recapeamento. “Relatos dão conta de que os motoristas, para desviar buracos, terminam por invadir a contramão, colocando em risco a própria vida e a de outras pessoas”, acrescentou Isolda.

Compartilhe:

Albergue de Mossoró realiza campanha para atrair sócios

Para doações o interessado pode realizar uma transferência através do PIX: (CNPJ) 12.703.179/0001-22. (Foto: Cedida)

O Albergue de Mossoró (Albem) iniciou uma nova campanha para arrecadar recursos para manutenção e ampliação dos serviços. O objetivo é atrair sócios, de maneira voluntária. A unidade hospeda acompanhantes de pessoas internadas em hospitais conveniados ao Sistema Único de Saúde (SUS) no município.

No local, as pessoas são acolhidas com atendimento humanizado, hospedagem, café da manhã, almoço e janta, de forma gratuita. Além disso, há palavra de conforto diariamente, através de parcerias com entidades religiosas. O albergado fica todo o tempo em que o familiar estiver internado. O acesso ao serviço ocorre somente pelo serviço social de hospitais parceiros.

O Albergue de Mossoró funciona de maneira filantrópica, 24 horas por dia. É mantido basicamente com doações de voluntários, que representa cerca de 80% de sua receita. Fundada em 2016, sem ajuda governamental, a unidade já atendeu mais de 3.000 pessoas de 113 cidades do RN e de 18 estados brasileiros e é o único albergue da região a realizar esse serviço de maneira gratuita.

“Todas as pessoas que atuam aqui são de maneira voluntária. Fazemos um trabalho com amor e dedicação, tendo como principal atendimento as pessoas carentes, que acompanham pacientes em hospitais e que não têm onde comer ou se hospedar durante a internação de seu ente querido. Os custos para manutenção de toda essa estrutura são muitos. Por isso, pedimos a ajuda e colaboração de todos, para essa corrente do bem”, afirma o diretor do Albem, Edson Oliveira.

Para realizar doações, o interessado pode realizar uma transferência através da chave PIX: (CNPJ) 12.703.179/0001-22. O doador pode escolher qualquer valor a partir de R$ 9,99. O telefone para contato do Albem, que também é Whatssap, é o (84) 3062-3155.

Compartilhe:

Álvaro Dias se recoloca na disputa ao Governo do Estado em 2022

Álvaro Dias volta a pensar em candidatura para o Governo (Foto: Web/autor não identificado)

O prefeito de Natal Álvaro Dias (PSDB) continua no páreo ao Governador do Rio Grande do Norte em 2022. Pelo menos foi o que ele afirmou em entrevista exclusiva à Tribuna do Norte hoje (27).

Ao periódico, Álvaro disse “que não pretende”, “não deseja”, mas que a candidatura “não é uma coisa impossível”.

O Prefeito da capital recebeu o apoio incondicional do Presidente nacional de do PSDB, Bruno Araújo, que disse, também em entrevista a Tribuna do Norte, que os dirigentes do partido entendem que candidatura de Álvaro ao Governo em 2022 é uma prioridade para o próximo ano.

Perguntado pela reportagem sobre as declarações, Álvaro Dias afirmou que as falas de Bruno reforçam o bom trabalho que vem sendo realizado pela gestão municipal de Natal e a possibilidade de vitória em uma disputa estadual. O prefeito destacou que nesse momento não está pensando nas eleições do próximo ano e que seu foco é a continuidade do trabalho no município.

“Vou deixar para analisar política, decidir e ver o que fazer politicamente no próximo ano. Em 2021, quero me dedicar, única e exclusivamente, aos problemas do município e à gestão municipal”, afirmou Álvaro

O tom do Prefeito sobre uma candidatura em 2022 é diferente do registrado em suas últimas entrevistas. Em outras oportunidades, quando perguntado sobre o tema, ele foi taxativo ao afirmar que não possuía nenhum interesse em disputar o Governo do RN. Álvaro inclusive já chegou a dizer que não renunciaria o seu mandato e que permaneceria prefeito do Natal durante os quatro anos que foi eleito.

Esse tipo de promessa, porém, não é mais novidade para os natalenses. Em 2018 o então Prefeito Carlos Eduardo (PDT) também abdicou da prefeitura para disputar o Governo do Estado. Na oportunidade, o político foi derrotado pela atual governadora Fátima Bezerra (PT) e muitas pessoas relembraram que Carlos Eduardo havia prometido que não abandonaria o cargo municipal.

A derrota de Carlos Eduardo nas eleições de 2018 foi determinante para Álvaro Dias, que era vice-prefeito de Carlos e assumiu a chefia do executivo municipal dali até então, sendo reeleito em 2020.

Confira a reportagem completa da Tribuna clicando AQUI

Compartilhe:

Documento comprova que Rogério escondeu planos de empreendimento beneficiado por emenda em depoimento

No depoimento, Rogério escondeu que já tinha um investimento rolando em local valorizado por obra com recursos de emenda do orçamento secreto (Foto: reprodução)

O ministro do desenvolvimento regional Rogério Marinho omitiu que estava investindo na construção de um empreendimento imobiliário durante depoimento às Comissões de Desenvolvimento Urbano e de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados no último dia 8 de junho.

Ao ser questionando pelo deputado federal Rogério Correa (PT/MG) sobre o uso de uma emenda do orçamento secreto no valor de R$ 1,4 milhão para a construção de um mirante próximo a um de um terreno em seu nome na cidade de Monte das Gameleiras, Rogério Marinho se irritou e disse ter apenas um terreno no local há 16 anos.

Ele falou que a emenda foi solicitada por Beto Rosado e em nenhum momento citou que tinha investimento em curso no terreno.

Confira o vídeo:

No último domingo o Podcast Ecos da Política e o Blog Rapadura News (ver AQUI) já tinham trazido à tona o fato de Marinho ser beneficiário da emenda e que ele tinha criado a empresa Gameleira Vida Empreendimentos Imobiliários SPE LDTA pouco tempo antes do convênio ter sido assinado.

Mapa do terreno onde Rogério Marinho está investindo

Antes da reportagem de ser publicada, o Blog do Barreto também já vinha apurando o caso e aguardava o envio de documentos de todo o processo via Lei de Acesso à Informação junto ao IGARN que só chegaram na manhã desta terça-feira.

A documentação mostra que o ministro tem como sócios minoritários a irmã Valéria Cristina Simonetti Marinho da Silveira e Francisco Soares de Lima Junior, um de seus auxiliares no Ministério do Desenvolvimento Regional.

O capital social da empresa é R$ 300 mil sendo o ministro sócio majoritário com 94% do negócio.

O processo trata de um pedido de ligação de água para abastecimento de água no condomínio que será construído no local que certamente ficará valorizado com a construção do mirante.

No dia 27 de abril foi concedida a outorga para as instalações de água no empreendimento do ministro, pouco mais de um mês antes de ele ir à Câmara dos Deputados depor e omitir que estava fazendo investimentos em uma área que estava prestes a se beneficiar com uma emenda federal.

Confira a documentação do empreendimento de Rogério Marinho

Compartilhe:

Styvenson responde à bancada feminina do Senado e diz: “estendo essas desculpas a todas as brasileiras que se sentiram ofendidas”

Styvenson Valentim responde a bancada femeinina (Foto: Web/autor não identificado)

O senador Styvenson Valentim (PODE) se manifestou por meio de nota a respeito do repúdio da bancada feminina do Senado contra as suas declarações consideradas misóginas sobre a agressão de um policial a uma mulher vítima de um caso de violência doméstica em Santo Antonio do Salto da Onça.

Ele se desculpou, voltou a dizer que sua fala foi tirada do contexto ao mesmo tempo em que reconhecer ter sido infeliz na escolha do verbo e disse ter projetos em defesa das mulheres.

Segue abaixo a manifestação do parlamentar:

Compartilhe:

A vitória de um campeão invisibilizado

Ítalo Ferreira teve que enfrentar os adversários e indiferença (Foto: Francisco Seco)

Não acompanho surfe. Não entendo nada do esporte, mas sei que Baía Formosa é uma cidade praiana do RN boa para a prática do esporte e que de lá o potiguar Ítalo Ferreira ganhou o mundo literalmente em 2019.

Como a maioria dos desportistas brasileiros, passo quatro anos fazendo contas sobre o meu time no Campeonato Brasileiro. No meu caso, os meus times, Vasco e ABC. Os outros esportes, exceto Vôlei de seleção, a gente mal sabe dos resultados.

Mas nestes primeiros dias de Olimpíada me chamou atenção a cobertura da mídia nas baterias do surfe. Tínhamos dois brasileiros candidatíssimos a ser o primeiro campeão olímpico da modalidade. Em vez de curtir isso, tudo girava em torno de Gabriel Medina.

Antes da Olimpíada, tive que pesquisar no Google para saber se Ítalo Ferreira estaria nos jogos porque só via manchetes sobre a crise do surfista com o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) pelo prosaico motivo dele querer levar a esposa para o Japão.

A cada bateria Ítalo mostrava um desempenho melhor, mas sempre era tratado como coadjuvante de Medina. Nem parecia que um era tão campeão mundial quanto o outro.

Cobertura do ouro de Ítalo foi equivalente à da derrota de Medina. Se o resultado fosse diferente a cobertura não teria a mesma proporção (Fotomontagem: Blog do Barreto)

A diferença de tratamento na mídia entre Ítalo e Medina era como se a distância esportiva entre eles fosse equivalente a que tínhamos entre Fernando Meligeni de Medina Gustavo Kuerten no tênis durante a virada no milênio.

Era como o potiguar não fosse tão brasileiro quanto o paulista. Era como se os dois não estivessem no mesmo patamar.

Confesso que me emocionei ao mesmo tempo em que me irritei com uma cobertura que se preocupou em dar ao fracasso de Medina a mesma proporção do triunfo de Ferreira. Não me incomodei somente por ser potiguar, mas por ser jornalista e com a certeza de que se fosse o inverso os critérios de noticiabilidade seriam diferentes.

Isso torna a vitória dele cinematográfica. Diria até um clichê da história do patinho feio que vence o cisne branco contra tudo e todos.

Eu me identifiquei ainda mais com Ítalo quando ele falou sobre a avó, que queria que ela estivesse viva para vê-lo campeão olímpico. Como ele eu também tenho uma vó como referência maior na vida e sei bem o que ele sentiu.

Compartilhe:

Styvensson debocha de Joice Hasselmann e insinua que hematomas da deputada são fruto de traição ou drogas

Styvensson debochou de agressões sofridas por Deputada Federal (Fotomontagem: Blog do Barreto)

A live no Instagram em que o Senador Styvenson Valentim (PODEMOS) relativizou a violência contra uma mulher, em Santo Antônio/RN (Veja mais AQUI), também contou com outras declarações no mínimo reprováveis. Internautas descobriram que decorrer do diálogo transmitido pela rede social o parlamentar debochou das agressões sofridas pela Deputada Federal Joice Hasselmann (Sem Partido) e insinuou que elas seriam fruto ou de uma traição ou do uso de drogas.

“E aquela deputada feminista que apareceu com oito fraturas na cara agora, querendo livrar a cara do marido?” questionou o internauta que participava da live de Styvensson ao Senador, em, clara referência à Hasselmann, que na última semana denunciou ter sofrido uma série de agressões enquanto dormia em seu apartamento funcional, em Brasília. O caso ainda está sendo investigado.

Ironizando a situação, Styvensson respondeu: “Aquilo ali, das duas uma. Ou duas de quinhentos – Diz o Senador levando as mãos a cabeça e fazendo chifres, portanto insinuando uma possível traição teria motivado as agressões por parte do marido de Joice – ou uma carreira muito grande – neste momento ele faz clara alusão ao uso de cocaína – Aí ficou doida e pronto… saiu batendo em casa”.

Confira o Vídeo com as declarações esdrúxulas

 

Hasselmann registra B.O contra Styvensson e acionará Comitê de Ética do Senado

De acordo com informações do Portal R7 a Deputada Federal Joice Hasselmann registrou um Boletim de Ocorrência (B.O) contra o Senador Styvensson Valentim após tomar conhecimento das declarações do parlamentar sobre as agressões que ela sofreu na madrugada do dia 18 de julho.  

“Acabo de registrar boletim de ocorrência contra o senador Styvenson que me acusou de ter usado drogas, enquanto a polícia e o MPF investigam a possibilidade de atentado político contra mim. Hoje mesmo levarei o caso também ao Conselho de Ética do Senado”, afirmou a deputada.

Dessa forma, o Senador Styvensson acumula agora duas ações contra ele no Conselho de Ética do Senado. Hoje mais cedo a Deputada Federal Natália Bonavides (PT) também ingressou com representação contra o parlamentar. A denúncia de Natália  fui fundamentada a partir de uma série de declarações de Styvensson minimizando e relativizando a violência contra uma mulher no interior do Rio Grande do Norte. As declarações foram feitas na mesma live em que Styvensson debocha de Joice Hasselmann (Veja mais sobre isso AQUI)

Compartilhe:

Confira quem são os prováveis dois primeiros convocados para depor na CPI da covid na Assembleia

Gabas e Eudiane serão alvo de requerimentos de convocações da CPI (Fotomontagem: Blog do Barreto)

Na entrevista ao Foro de Moscow desta segunda-feira o deputado estadual Kelps Lima (SD), presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da covid-19, disse que pelos menos dois nomes estão engatilhados para ser os primeiros a serem convocados para prestar depoimento.

São eles: Carlos Gabas, ex-ministro da previdência social e ex-secretário executivo do Consórcio Nordeste e a deputada estadual Eudiane Macedo (Republicanos).

Gabas virá para explicar as relações do Governo do RN com a compra dos respiradores que nunca chegaram ao Estado em abril do ano passado. A convocação partirá do próprio Kelps. Já Eudiane terá a convocação sugerida pelo deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) após ela dizer em um pronunciamento que a CPI só saiu porque os deputados tentaram pressionar a governadora e não tiveram as demandas atendidas.

A convocação de ambos depende da aprovação de requerimento por parte dos cinco membros da CPI.

Confira o vídeo:

Compartilhe:

Rede Estadual de Educação inicia retomada das aulas presenciais

Aulas presenciais foram retomadas na rede estadual com série de protocolos (Foto: Ascom/Seec)

Nesta segunda-feira (26), estudantes da rede estadual de educação iniciaram o retorno às aulas presenciais nas unidades de ensino em todo o Rio Grande do Norte. De maneira híbrida, facultativa e gradual, as primeiras turmas começaram as atividades às 7h da manhã.

Após um ano e quatro meses de ensino não presencial, os estudantes dos anos iniciais do ensino fundamental, compreendido pelo 1º ao 5º ano, e da 3ª série do ensino médio foram os primeiros a retomarem os estudos de maneira presencial, seguindo rigoroso protocolo sanitário.

De acordo com o Governo do Estado foram investidos R$ 12 milhões de reais, sendo R$ 8 milhões de recursos estaduais e 4 milhões de reais do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, para a garantia das condições sanitárias necessárias para o retorno.

O Secretário de Educação do RN, Getúlio Marques, afirmou: “É um momento de otimismo. Estamos retornando às escolas após um período de muito aprendizado. Agora, as aulas serão em formato híbrido, onde cada escola irá formatar as atividades para quem está em sala de aula ou em casa. O desafio não é maior que a determinação dos nossos professores”, explica o secretário.

Como se dará o retorno – O retorno gradual será divido em etapas. A primeira foi concluída desde a semana passada, com a realização do acolhimento dos professores, que retornaram às atividades presenciais para planejamento e avaliação.

Os profissionais com comorbidade continuam em atividades remotas.

Hoje, retornaram 30% dos estudantes por sala, sempre obedecendo o espaçamento mínimo de 1,5 metro entre as carteiras, mantendo o seguinte fluxo para o retorno dos estudantes, a cada 14 dias: 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental e 3ª série do Ensino Médio; 6º e 7º ano do ensino fundamental e 2º ano do Ensino Médio; 8º e 9º ano do Ensino Fundamental e 1ª série do Ensino Médio. Gradualmente, sempre após 14 dias, poderão retornar 50% dos estudantes em todas as turmas; depois 75% e concluindo com o retorno total, de 100%.

A modalidade de ensino adotada neste momento é a híbrida, onde um grupo de alunos terá as atividades presenciais e o outro seguirá com os estudos em casa.

O que diz o Sinte/RN ? O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Rio Grande do Norte (Sinte/RN) tem sido um ferrenho crítico do retorno às aulas sem a completa imunização. De acordo com os dirigentes da entidade não há sentido em retomas as atividades presenciais antes que todos os professores e professoras tenham tomado as duas doses da vacina anti-covid, inclusive porque o prazo para que a categoria tome a segunda dose está muito próximo.

Na última semana os professores e professoras realizaram uma Assembleia Estadual da categoria que aprovou, com 91% dos votos, o não-retorno às atividades antes da conclusão da vacinação.

Paralela à luta política o sindicato também vem travando uma batalha judicial contra o Governo do Estado, na tentativa de garantir, por meio de uma ação, que as aulas não sejam retomadas neste momento, conforme determinou o Executivo Estadual.

Compartilhe: