UFERSA produz álcool para doação a unidades de saúde do interior do RN

Laboratórios de Química da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) se tornaram aliados na luta contra o novo coronavírus. Só em Mossoró foram produzidos cerca de 300 litros de álcool 70% que devem ser distribuídos em unidades de saúde e instituições filantrópicas.

A produção está sendo conduzida por professores e técnicos da Universidade, a partir de matérias-primas doadas por diferentes empresas. A entrega depende apenas do laudo do Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Norte Dr. Almino Fernandes (LACEN), para onde foram enviadas amostras do produto na sexta-feira passada, 17.

O coordenador do projeto, professor do Centro de Engenharias Zilvam Melo, explica que a produção teve início na segunda-feira passada, 13. Mesmo sendo destinada à doação, foi necessária uma autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), que demorou algum tempo devido a burocracia. Com a autorização em mãos, a produção começou e em três dias os oito profissionais – professores e técnicos – que atuam nos laboratórios em sistema de rodízio produziram, aproximadamente, 300 litros de álcool (líquido e álcool em gel).

Na sexta-feira, 17, a Universidade enviou uma amostra da produção para Lacen e a expectativa, de acordo com Zilvam Melo, é de que o laudo atestando a qualidade do produto seja liberado de hoje, 20, para amanhã, 21. Já o laudo sobre o álcool gel demora cerca de três dias.

O coordenador adianta que o produto já passou por todos os testes na Ufersa e informa que entres as várias empresas que entraram em contato para contribuir, uma delas, onde atua uma egressa da Ufersa, emprestou um equipamento de ponta para testar as amostras. De acordo com o site da Ufersa, esses testes comprovam que o álcool produzido nos seus laboratórios tem a concentração praticamente exata de 70%. A Universidade também firmou uma parceria com uma empresa de manipulação de medicamentos e, segundo o laudo emitido pela empresa, a concentração do produto está dentro da margem. Quando o Lacen atestar a qualidade do produto, a Ufersa deve iniciar a entrega.

De acordo com Zilvam Melo, para isso, foi firmada uma parceria com a Prefeitura de Mossoró, através da qual a Universidade entrega e registra todas as doações e, em seguida, informa ao Município. Entre as instituições que devem receber as doações estão Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), hospitais, Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC), Instituto Amantino Câmara e Complexo Penitenciário Agrícola Mário Negócio. “Como são muitas unidades, não tem como doar muito para cada”, comenta o coordenador.

No entanto, ele acrescenta que, à medida que a produção aconteça novas doações serão realizadas. “A gente conseguiu 300 litros, mas na verdade poderia ser bem mais. Nossa capacidade é bem maior. Pode ampliar bastante a nossa produção”, acrescenta Zilvam Melo.

Enquanto houver matéria-prima, a Universidade dará sequência à fabricação do produto. E, para que essa produção seja ainda maior, as doações de matéria-prima são fundamentais. Zilvam Melo comenta que a Universidade está aguardando a doação de 100 litros de álcool etílico puro para serem processados. Além disso, o reitor da Universidade está tentando adquirir outra quantidade, a dificuldade está na escassez dos produtos no mercado.

Para a produção do álcool líquido é necessário o álcool etílico 96%, já a fabricação do álcool gel requer álcool etílico 96%, carbopol e glicerina. As empresas que quiserem contribuir com a doação de material – álcool etílico, embalagens, rótulos, entre outros, podem entrar em contato com o coordenador do projeto através do email zilvammelo@ufersa.edu.br ou do telefone (84) 3317-8234.

“Agradecer a todos os que participaram e pedir que novas empresas ou até as mesmas continuem”, pede Zilvam Melo.

  

Produção em Caraúbas

Não é só o Campus Central que atua na produção de álcool para doação. De acordo com o site da Universidade, o Campus da Ufersa em Caraúbas também iniciou a produção de álcool 70%.

Em Caraúbas, a produção é coordenada pelo professor Daniel Freitas, que, conforme o site, informa que o primeiro lote com 140 unidades de 500 ml de álcool líquido já está pronto e um lote de cinco litros de álcool em gel foi produzido para teste e enviado para análise no Lacen. Agora a equipe da Ufersa em Caraúbas está voltada para a produção de álcool em gel.

“Enquanto tivermos carbopol vamos produzindo. Nesta sexta, fizemos um lote de 18 litros”, esclareceu Daniel Freitas, através do site.

O portal da Ufersa informa que a equipe de Caraúbas também necessita de matéria-prima para produzir o álcool. “Recebemos doações, mas elas já estão acabando. Vamos precisar de muito álcool concentrado acima de 90%”, pediu. A expectativa, de acordo com o portal da Universidade, é que todo o álcool produzido em Caraúbas seja entregue às unidades de saúde e hospitais de Caraúbas e Apodi.

 

Professores e técnicos da Ufersa produzem álcool líquido e em gel – Foto ASSECOM/UFERSA
Compartilhe:

Comments

comments

Uma opinião sobre “UFERSA produz álcool para doação a unidades de saúde do interior do RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *