Walter Alves vira casaca e Fábio e Beto Rosado aparecem para votar pela urgência da reforma trabalhista

deputados-federais-do-rn-20141
Na bancada do RN o placar foi de 6×2 a favor da urgência da reforma trabalhista

Ontem o presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM/RJ) fez uma manobra regimental e recolocou em votação a urgência na tramitação da reforma trabalhista. O placar foi de 287 x  144. O resultado conseguiu reverter a rejeição do dia anterior que tinha rejeitado a pressão.

Pesou a pressão do presidente Michel Temer que levou 24 deputados a reverterem os votos. Entre eles está o potiguar Walter Alves (PMDB) que tinha votado contra a urgência e agora votou a favor.

Também colaborou o aparecimento de deputados ausentes na primeira votação. Fábio Faria (PSD) e Beto Rosado (PP) faltosos na terça-feira deram a cara a tapa votando a favor da urgência. Já Antônio Jácome (PTN), também ausente no dia anterior, decidiu votar contra.

Rogério Marinho (PSDB), Rafael Motta (PSB) e Felipe Maia (DEM) mantiveram o voto a favor enquanto Zenaide Maia (PR) seguiu votando não.

Abaixo o quadro com o comportamento dos potiguares em relação a proposta (se estiver lendo pelo celular mova a tela para o lado direito):

Deputado federal do RN Antes Depois
Felipe Maia (DEM) Sim Sim
Rogério Marinho (PSDB) Sim Sim
Fábio Faria (PSD) Ausente Sim
Antônio Jácome (PTN) Ausente Não
Zenaide Maia Não Não
Rafael Motta (PSB) Sim Sim
Beto Rosado (PP) Ausente Sim
Walter Alves (PMDB) Não Sim
Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *