“Acreditamos que seja a maior responsabilidade do presidente iniciar esse diálogo”, diz Jadson

O vereador Soldado Jadson (SD) afirmou em entrevista ao Meio-Dia Mossoró da 95 FM que depende do presidente da mesa diretora Jório Nogueira (PSD) a solução para a crise interna da Câmara Municipal. “Acreditamos que seja a maior responsabilidade do presidente iniciar esse diálogo”, frisou.

De acordo com o parlamentar mesmo com um processo que pode levar ao afastamento de Jório da presidência, é possível que o pessedista possa resolver a questão. “Nós sempre defendemos que o diálogo deva prevalecer. O presidente foi notificado, mas eu ainda acredito que o diálogo possa vencer tudo isso”, avaliou.

Jadson reconheceu as ações positivas da gestão de Jório, mas ponderou que é preciso apoiar os vereadores nesse momento de questionamentos. “A nossa opinião é de que o presidente é um homem bem-intencionado que tomou decisões importantes como a TV Câmara e acessibilidade. É importante que o corpo técnico da casa possa fazer um trabalho com muito profissionalismo com relação a verba indenizatória. Deve-se fazer uma defesa e mandar para os órgãos de fiscalização”, declarou.

Para Jadson o presidente ainda pode avançar em termos de transparência na Câmara Municipal. “O presidente Jório avançou muito em vários aspectos, mas claro que tudo pode melhoras. Se pode avançar”, declarou.

O vereador ainda justificou a abstenção no pedido de abertura de processo administrativo sobre Jório apresentado pelo vereador Tassyo Mardonny (PSDB): “Não tivemos a oportunidade de ler o requerimento na íntegra. Não estávamos prontos para tomar uma posição balizada”.

O vereador disse ainda que defende a verba indenizatória cuja finalidade tem sido questionada por técnicos do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e Ministério Público de Contas.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *