Allyson pinça vice no partido de Robinson, Cláudia atrai bolsonarista e Isolda mantém tradição com o PC do B. Confira o balanço das chapas de oposição

Principais chapas de oposição definem vices (Fotomontagem Blog do Barreto)

Um pacotão de decisões foi apresentado ao eleitor mossoroense nos últimos quatro dias. Quem agregou mãos na oposição? Vamos as respostas.

Na quinta-feira Cláudia Regina (DEM) anunciou o que o Blog do Barreto já havia informado em primeira mão: Daniel Sampaio (PSL) será o vice dela. A ex-prefeita escolheu um bolsonarista raiz daqueles que falam que universidades públicas são “locais para consumo de drogas” e que esquerdismo é uma “doença”. A escolha compensou pelo bom tempo de TV e fundo eleitoral robusto do PSL. Cláudia terá o apoio dos vereadores Petras Vinícius (DEM) e Ozaniel Mesquita (DEM).

No sábado o deputado estadual Allyson Bezerra (SD) após idas e vindas anunciou (mais uma vez o Blog deu a notícia em primeira mão) que o vice dele seria Fernandinho da Casa das Padarias, do PSD do ex-governador Robinson Faria. Fernandinho vem desde 2016 atuando nos bastidores da política e ajudando a formar nominatas para a Câmara Municipal. O único vereador que apoia Allyson é Raério Cabeção (PSD).

No domingo, a deputada estadual Isolda Dantas (PT) definiu seu vice resgatando a tradição das dobradinhas PT/PC do B. O empresário e professor Gutemberg Dias foi anunciado como seu companheiro de chapa em coletiva da governadora Fátima Bezerra (PT).

Isolda ainda agregou em torno de si mais três partidos: Avante, PROS e PV. Além de ter o apoio de três dos seis vereadores de oposição: Gilberto Diógenes (PT), Genilson Alves (PROS) e Alex do Frango (PV).

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *