Apartamento de Henrique Alves também recebe “visita” da PF

Mais uma fase da Operação Lava Jato. Desta vez a ação é batizada de “Catilinárias”. Natal finalmente entrou no circuito. Um apartamento do ministro do turismo Henrique Alves (PMDB) foi alvo de um mandado de busca e apreensão.

Além do líder peemdebista, também são alvo da ação deputado federal Aníbal Gomes (PMDB-CE), o ministro de Ciência e Tecnologia Celso Pansera (PMDB-RJ), o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado e os senadores Edison Lobão (PMDB-MA), ex-ministro de Minas e Energia, e Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE).

De acordo com o site G1, foram cumpridos no Distrito Federal (9), em São Paulo (15), Rio de Janeiro (14), Pará (6), Pernambuco (4), Alagoas (2), Ceará (2) e Rio Grande do Norte (1).

Compartilhe:

Comments

comments

Uma opinião sobre “Apartamento de Henrique Alves também recebe “visita” da PF

  • 15 de dezembro de 2015 em 14:36
    Permalink

    No que concerne a Eduardo Cunha nova Fase da Lava Jato lembra: primeiro discurso de Cícero contra Catilina. O discurso foi proferido em 8 de Novembro de 63 a.C. no Templo de Júpiter no monte Capitolino de Roma.

    Já não podes viver mais tempo conosco
    I
    Até quando, ó Catilina, abusarás da nossa paciência? Por quanto tempo ainda há-de zombar de nós essa tua loucura? A que extremos se há-de precipitar a tua audácia sem freio? Nem a guarda do Palatino, nem a ronda nocturna da cidade, nem os temores do povo, nem a afluência de todos os homens de bem, nem este local tão bem protegido para a reunião do Senado, nem o olhar e o aspecto destes senadores, nada disto conseguiu perturbar-te? Não sentes que os teus planos estão à vista de todos? Não vês que a tua conspiração a têm já dominada todos estes que a conhecem? Quem, de entre nós, pensas tu que ignora o que fizeste na noite passada e na precedente, em que local estiveste, a quem convocaste, que deliberações foram as tuas?
    Oh tempos, oh costumes!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *