Após dar parecer favorável ao reajuste dos servidores da UERN, consultor geral do Estado deixa o cargo

Eduardo Nobre não é mais Consultor Geral do Estado. De acordo com o Blog de Heitor Gregório ele entregou o cargo ao Governador Robinson Faria (PSD). “A decisão, de acordo com informações chegadas ao blog, é irreversível”, relatou o colega jornalista.

z

 O consultor estava em divergência constante com o governador Robinson Faria. Um dos pontos que aumentaram o desgaste foi o posicionamento favorável ao reajuste dos servidores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

Em entrevista à Tribuna do Norte no último domingo ele disse que há meios de conceder o reajuste de 12,33% sem violar a Lei de Responsabilidade Fiscal. “Trata-se de mais um aumento setorial, que beneficia unicamente a UERN. Se concedido, será fracionado em quatro anos. Quando eu me posicionei a respeito, deixei bem claro que ele só poderia ser concedido a cada ano, sob a forma de reposição de despesa, ou seja, a autarquia reduzia 12,33% sua despesa com pessoal no orçamento, para em compensação o Governo conceder aos professores e funcionários a mesma porcentagem de reajuste”, explicou.

O posicionamento público de Eduardo Nobre confirma a versão exposta ao público pelo reitor da UERN Pedro Fernandes após uma reunião com a equipe do governo no final de agosto. No encontro seguinte houve um recuo de Robinson o que gerou problemas entre ele o auxiliar agora demissionário.

Foto: Júlio César Assunção

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *