Assessor de Fátima Bezerra afirma que entrega de cargos não é rompimento

Coube ao chefe de gabinete do mandato da senadora Fátima Bezerra (PT), Adriano Gadelha, explicar o estremecimento político entre a parlamentar e o governador Robinson Faria (PSD) que resultou na entrega dos cargos indicados por ela.

De acordo com Adriano, que é suplente de deputado federal, Fátima está deixando a aliança política com Robinson entregando os cargos que ela indicou ao PT estadual. “A senadora não está rompendo com o governador Robinson Faria nem com o Governo. Muito menos o partido dela que é o PT. O que existe é um descontentamento no grupo da senadora com  o governo que resolveu entregar os cargos dela ao PT”, frisou.

A senadora tinha indicado Rodrigo Bico para a Fundação José Augusto e Layssa Costa que era a adjunta da fundação. Ela tinha esses dois cargos mais o de Socorro que já tinha saído da função de secretária adjunta de educação no último mês de agosto após desagradar a primeira dama Juliane Faria por proferir um discurso em defesa dos grevistas da UERN.

Gadellha acrescenta que a decisão de Fátima não implica em problemas para Robinson que poderá continuar tendo o apoio dela em Brasília. “O mandato da senadora é republicano e vai continuar sendo. Fátima jamais faria oposição ao Estado do Rio Grande do Norte do mesmo jeito que ajudou no Governo de Rosalba vai continuar ajudando o governador”, explica.

O assessor de Fátima tenta por panos quentes para evitar maiores traumas na ruptura política. Mas está escancarado que acabou a aliança política entre os principais vitoriosos das eleições de 2014.

Neste momento a executiva estadual do PT, conforme fonte do Blog do Barreto, está reunida em Natal analisado o caso.

Mais adiante o Blog do Barreto publica um vídeo explicando o que está por trás dessa decisão.

Compartilhe:

Comments

comments

Uma opinião sobre “Assessor de Fátima Bezerra afirma que entrega de cargos não é rompimento

  • 19 de outubro de 2015 em 18:33
    Permalink

    A sucessão mossoroense é pule dez casas, Bruno.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *