Chacina mostra que violência comanda Mossoró com ou sem BIC

crime
Diversão termina em tragédia (foto: Fim da Linha)

Criada na curtíssima gestão da ex-prefeita Cláudia Regina (DEM) a Base Integrada Cidadã pintou como a solução de todos os problemas de violência em nossa cidade.

O projeto bem-intencionado mostrou-se com o tema apenas uma peça de marketing político. Com BIC a violência explodiu levando Mossoró a ultrapassar a marca de 200 homicídios em um único ano em 2016.

A tentativa não deu certo. O Ronda Cidadão sugerido pelo governador Robinson Faria (PSD) não deu certo no Ceará e não está dando certo onde foi timidamente instalado pela atual gestão.

Não tem um único dia em 2017 que eu não acompanhe uma postagem de uma pessoa no Facebook relatando ter sofrido um assalto. Sem BIC os homicídios ironicamente diminuíram, mas não se trata de algo que sirva de comemoração.

Ontem um grupo de jovens decidiu fazer um baile funk num buffet no Boa Vista. O evento terminou com cinco mortos e vários feridos. Mossoró virou praça de guerra onde um grupo de bandidos pode entrar num imóvel privado e disparar tiros contra cidadãos que se juntaram para se divertir.

Vivemos em uma cidade onde os mais abastados se encastelam em condomínios fechados, onde os comerciantes trabalham de portas fechadas, onde as cadeiras nas calçadas sumiram e qualquer dupla numa moto é suspeita até que se prove o contrário.

O nosso povo está em pânico e as soluções propostas pelo poder público oscilam entre as ineficientes boas intenções (criação das BICs) e a falácia (insistência num projeto fracassado).

O que nos resta? Aos religiosos é rezar. À todos se prevenir o máximo para eliminar as oportunidades que os bandidos buscam.

Compartilhe:

Comments

comments

Uma opinião sobre “Chacina mostra que violência comanda Mossoró com ou sem BIC

  • 13 de março de 2017 em 08:13
    Permalink

    O meu comentário pode ser até abusivo descrimitivel,mas para resolver este problema são duas coisa primeiro para de fabricar bandido,Isso mesmo tem gente que não tem condição de ter filho faz sem pode sustentar Claro vai ser o que bandido.senguda coisa é o cidadão de bem poder porta sua arma.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *