Deputados cobram pagamento de salários dos servidores

Deputado cobra falta de ações para pagar salários atrasados (Foto: Eduardo Maia)

A falta de perspectiva do Governo de pôr a folha de servidores em dia preocupa deputados estadual. Em pronunciamentos na Assembleia Legislativa a questão foi abordada.

O deputado José Dias (PSDB) lembrou que já se passaram nove meses sem que medidas sejam tomadas no sentido de resolver a questão salarial. Ele defendeu união das bancadas. “Se faz necessária a união do Legislativo, situação e oposição, em busca de solução”, frisou.

Em aparte, o deputado Nelter Queiroz (MDB) lamentou a situação do Governo Estadual que, segundo ele, “parece esquecer suas origens, seus servidores e aposentados”. Em seguida, Sandro Pimentel (PSOL) pediu que o Governo apresente um calendário para o pagamento dos atrasados. “Não é possível que o ano termine sem o encerramento deste problema”, concluiu Sandro.

Num outro pronunciamento, Kelps Lima (SD) classificou como inaceitável o silêncio do Governo. “É uma situação muito grave e o Governo trata como desimportante. O Governo não fala mais nos atrasados. Três meses sem salários desorganizam completamente a vida dessas pessoas, que ficam sem poder comprar remédios ou pagar o plano de saúde”, disse.

Já Coronel Azevedo (PSC) focou na situação de policiais e inativos. “Reafirmo meu respeito a todos os inativos e pensionistas que estão lutando por seus direitos. Continuarei dando prioridade a essas pessoas que dedicaram sua vida ao serviço público e ao bem do povo potiguar, pois os servidores que hoje estão na ativa, no futuro estarão em situação semelhante”, lembrou. “Os policiais militares do Rio Grande do Norte possuem o pior salário isolado do País”, completou.

As palavras dele contaram com o endosso da deputada Cristiane Dantas (SDD).

Compartilhe:

Comments

comments

4 opiniões sobre “Deputados cobram pagamento de salários dos servidores

  • 3 de setembro de 2019 em 18:59
    Permalink

    Os deputados estão corretos, mas eles também silenciaram no governo anterior. Antes tarde, do que nunca.

    Resposta
  • 4 de setembro de 2019 em 06:32
    Permalink

    A governadora , não tem oposição nem críticos na Imprensa, principalmente em Mossoró. Mas, sem medidas duras e amargas não tem saída. Vou lembrar aqui o professor Leovigildo da Uern, que disse quem sem as reformas da.previdência e administrativa, sem a venda de.ativos como: Caern, Potigas, e outros, não tem saída p o RN. É isso mesmo, pois, não tem mágica. Quem não caiu ainda na real, tá na hora, ou vai se.enganar somente pela ideologia petista?

    Resposta
  • 4 de setembro de 2019 em 08:51
    Permalink

    Muito bom cel azevedo cotinue cobrando dessa governadora irresponsável pra quê assumiu se estava tudo atrasado foi só pra roubar e só o que o PT faz

    Resposta
  • Pingback: Deputado prega união para pôr folha em dia, mas na prática faz diferente – Blog do Barreto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *