Efeitos da campanha eleitoral: óbitos por covid-19 crescem 180% no RN. Casos confirmados aumentam 92%

As aglomerações eleitorais causaram um estrago nos índices da covid-19 no Rio Grande do Norte que vinham passando por uma redução considerável no terceiro trimestre de 2020.

Foi justamente no período em que as aglomerações provocadas pelas eleições que a redução dos índices foi interrompida.

Os estragos foram altos.

Se em outubro, quando as atividades de campanha estavam se intensificando os números foram baixos em dezembro já temos o resultado do estrago materializado em números.

Em outubro foram 8.865 casos confirmados, já em dezembro foram 17.044. Uma diferença de 92% comparando os índices apontados entre os dois meses.

O mais assustador está no número de óbitos. Foram 98 em outubro, mês com menor índice desde maio, mas em dezembro já eram 275. Isso é 180% a mais comparando os dois meses.

As aglomerações eleitorais tiveram peso decisivo no balanço da covid-19 no Rio Grande do Norte comparando outubro (quando as atividades de campanha se intensificaram) com dezembro (quando os efeitos ficaram visíveis).

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *