Em discussão acalorada, vereador insinua que colega se vendeu ao governismo

Vereadores trocam farpas (Foto: Blog do Barreto)

Momento de testosterona alta na Câmara Municipal de Mossoró. Os vereadores Rondinelli Carlos (PMN) e Raério Araújo (PRB) debatiam sobre a situação das estradas na Zona Rural da cidade.

Rondinelli defendendo a Prefeitura de Mossoró. Raério criticando.

A discussão descambou para o lado pessoal.

Ao ser criticado por Raério, Rondinelli disse que só quem poderia julgá-lo era o povo.

Aí Raério disparou: “Não posso te julgar, mas posso dizer que Raério Cabeção não se vendeu”.

Como Raério foi eleito pela oposição e continua no mesmo lugar enquanto Rondinelli migrou para o governismo o parlamentar do PMN se alterou e foi para cima do colega.

A turma do “deixa disso” evitou que houvesse vias de fato.

As vereadoras Aline Couto (sem partido) e Sandra Rosado (PSDB) se solidarizaram com Rondinelli e outros parlamentares intervieram em defesa da instalação de uma Comissão de Ética na casa.

 

Compartilhe:

Comments

comments

Uma opinião sobre “Em discussão acalorada, vereador insinua que colega se vendeu ao governismo

  • 21 de maio de 2019 em 15:19
    Permalink

    Se tivesse dado apoio aos professores teria alguém para defendê-lo. Como resolveu trair os educadores só recebe isso. Todo castigo é pouco

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *