Enquanto o Brasil leva banho de solidariedade, Temer está preocupado em não ser vaiado

temer

Coisa feia! O Brasil inteiro chocado com a morte de jornalistas, dirigentes e atletas no voo que deveria levar a Chapecoense para a glória e o presidente Michel Temer preocupado em não ser vaiado.

Isso mesmo! Temer quer fazer uma solenidade fechada no aeroporto com os familiares dos atletas. A reação insensível do presidente provocou irritação do pai do jogador Felipe Machado: “Eu não vou lá. Cumprimentar ele para que? Eu vou cumprimentar o presidente para dar ibope pra ele na política? Deixe ele lá. Para pra pensar. Eu vou deixar meu filho velando e vou lá encontrar o presidente? Qual a razão? Quem está com problema sou eu. Ele que tem que vir me ver”, disparou.

A frase resume bem a situação. O presidente quem deve descer do pedestal e ir prestar solidariedade ao seu povo deixando a vaidade insensível de lado.

Num momento como esse o que menos importa é se o presidente vai ou não ser vaiado.

Desculpe a franqueza (e a passionalidade), mas enquanto Temer estiver aboletado no Palácio do Planalto sentirei vergonha de ser brasileiro!

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *