Especialista explica porque o TSE pode deixar Rosalba inelegível

Existe a possibilidade de o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julgar hoje, a partir das 18h (horário de Mossoró), o processo do caso do avião interrompido há duas semanas por pedido de vistas da ministra Luciana Lóssio.

O placar está 1 x 0 para cassação de Cláudia Regina (DEM) e multa para a ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP). Mais três votos dos seis restantes acompanhando a relatora Maria Thereza Assis Moura e a pepista ficaria inelegível.

O especialista em direito eleitoral Luiz Sérgio Monte explica em artigo porque Rosalba, conforme o blog noticiou em primeira mão, pode não conseguir registrar candidatura em 2016.

Leia o artigo completo AQUI

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *