Foto: Edilberto Barros

Fátima assina lei que torna Mossoró capital o onshore no Rio Grande do Norte em abertura de evento

Mossoró agora é, oficialmente, a capital do onshore no Rio Grande do Norte, conforme a Lei Estadual nº 1.123, sancionada pela governadora Fátima Bezerra na manhã desta quinta-feira (25), na abertura do VI Fórum Onshore Potiguar, em Mossoró. A lei fortalece a importância do município na produção brasileira de petróleo e gás natural em terra.

O próximo passo, segundo a governadora, é fazer o reconhecimento nacional. “Já estamos fazendo contatos para que tenhamos a lei também no plano federal. Porque Mossoró é a capital do onshore não só do Rio Grande do Norte, mas de todo o Brasil”, frisou Fátima Bezerra, ao sancionar lei, originária de projeto da deputada estadual Isolda Dantas (PT).

Presidente da Redepetro RN, Gutemberg Dias considera a lei importante no contexto de retomada da produção de petróleo e gás na região de Mossoró, através da exploração por empresas privadas de campos até então exclusivos à Petrobras. “A lei é um pleito da cadeia produtiva para reforçar o já relevante posicionamento de Mossoró no onshore nacional”, avalia.

Pujança

Realizado em parceria com o Sebrae RN, o VI Fórum Onshore Potiguar reúne, ao longo desta quinta-feira, especialistas, membros da cadeia produtiva de petróleo e gás, Poder Público. Discute temáticas de maior impacto no setor de petróleo e gás, com abordagens voltadas às perspectivas do onshore no Brasil e no Rio Grande do Norte.

A abertura reuniu, além da governadora Fátima Bezerra, vice-governador Antenor Roberto, deputada Isolda Dantas, prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra, presidente da Câmara, Lawrence Amorim, superintendente do Sebrae RN, Zeca Melo, diretor da Fiern, Marcelo Rosado, secretário de Petróleo e Gás do Governo Federal, Rafael Bastos, entre outros.

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter