Geração de empregos volta a ter saldo positivo no RN

Em junho, o emprego com carteira no Rio Grande do Norte assinalou o primeiro saldo positivo desde novembro de 2018, resultado da abertura de 1.237 vagas, com crescimento de 0,30% em relação ao total de empregados existentes no mês anterior. Tanto para o conjunto da economia como no que diz respeito à indústria, tem-se os melhores balanços para um mês de junho desde 2012.

A performance da agropecuária (+750 vagas) – com destaque para os cultivos de melão e melancia – foram decisivos para os acréscimos.

Apenas o Comércio registrou balanço negativo (-114 vagas) em junho. Contudo, é preciso ponderar que é cada vez mais difícil distinguir entre empregos do comércio e dos serviços, visto que parte do pessoal do primeiro está registrada no segundo, em atividades como seleção e agenciamento de mão de obra, fornecimento e gestão de recursos humanos para terceiros e locação de mão de obra temporária. Estas três atividades geraram um saldo de 271 vagas no mês, de um total de 364 abertas nos Serviços (aqui incluída a administração pública).  Por sua vez, o saldo da indústria foi positivo em 237 vagas.

Indústria

Desde dezembro de 2018, a indústria havia apresentado balanço positivo apenas em abril de 2019, mesmo assim com saldo de apenas 42 vagas abertas. A principal contribuição do setor, em junho, veio da Construção civil, que criou 212 empregos em Obras de geração de energia elétrica e em Obras de arte especiais (que são definidas como pontes, barragens, viadutos, etc), nos municípios de Assú e Mossoró. O segundo destaque veio dos Serviços Industriais de Utilidade Pública, particularmente de Coleta de Resíduos Sólidos (+77 vagas), no município de Janduís. O terceiro maior saldo positivo veio da Extração mineral de sal marinho (+54 vagas).

Texto reproduzido do site da FIERN

 

Compartilhe:

Comments

comments

Uma opinião sobre “Geração de empregos volta a ter saldo positivo no RN

  • 27 de julho de 2019 em 22:40
    Permalink

    Eita que o governo começa a dar a volta por cima

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *