Girão ataca Fátima e Jean Paul rebate: “viúva de Bolsonaro”

Girão e Prates tem embate na imprensa (Fotomontagem: Blog do Barreto)

O deputado federal General Girão (PSL) acusou a governadora Fátima Bezerra (PT) de fazer se apropriar de recursos federais para fazer propaganda na área de segurança.

Ele disse que as 34 viaturas entregues na última quarta-feira foram através de recursos enviados pelo Governo Federal. “Essa semana chegaram mais 8 milhões em equipamentos de segurança pública e 20 e poucas viaturas no Estado, para reforçar a segurança dos potiguares. São equipamentos adquiridos com dinheiro enviado pelo presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) e, que a governadora Fátima não faz nem questão de dizer que os recursos vieram do governo federal”, disse ao Agora RN. “É o jeito do PT de governar: mentir, mentir e mentir, para a população achar que é verdade”, complementou.

Coube ao senador Jean Paul Prates (PT) a missão de defender a governadora. “O que está acontecendo é que tem muita gente que já está se sentido viúva de Bolsonaro e ainda não sabe para onde correr. Estão vendo o seu mito despencar por falta de apoio popular e também porque ele é incapaz de trabalhar para dá respostas aos problemas do nosso país”, disparou também no Agora RN.

O petista declarou que Girão não apresentou provas do que diz. “As avaliações feitas por Girão não cabem discutir nesse momento, porque o deputado federal, que é aliado de Bolsonaro, não apresenta nenhum argumento que comprove o que diz”, frisou.

Na tréplica Girão chamou Prates de “Mamulengo”: “O Partido dos Trabalhadores conta com um mamulengo no Senado. Alguém que não tem representatividade, não foi eleito, mas serve para os fins nocivos desse partido. Inclusive, criticar as cores da bandeira brasileira”.

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter