Governo investe mais de R$ 50 milhões em cirurgias eletivas

O Governo do Estado vai investir dentro dos próximos 12 meses mais de R$ 50 milhões na realização de cirurgias eletivas em todo o Rio Grande do Norte, a partir do programa Mais Cirurgias, Mais Saúde. O valor é referente aos contratos que garantirão a realização de serviços em unidades de saúde espalhadas pelo estado, incluindo ainda novos municípios no programa.

Em suas duas primeiras etapas, o Mais Cirurgias, Mais Saúde realizou 18 mil procedimentos eletivos, dos quais 15 mil foram entre junho de 2021 e maio deste ano. Os novos contratos publicados pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) no Diário Oficial do Estado ao longo deste mês de junho visam garantir, além da manutenção das cirurgias em serviços já contemplados, também a ampliação do programa para novos municípios até junho de 2023.

Entre as novas cidades que tiveram unidades habilitadas pela Sesap para entrar no programa, em parceria com as gestões locais, estão Alexandria (Hospital Maternidade Guiomar Fernandes), Almino Afonso (Hospital Maternidade Abel Belarmino Amorim) e Portalegre (Hospital Maternidade Dr. Antônio Martins). A previsão de investimento em cirurgias nos três hospitais é de R$ 2,2 milhões.

Já entre os hospitais da rede própria da Sesap estão os regionais Tarcísio Maia (Mossoró), Josefa Alves Godeiro (João Câmara), Hélio Morais Marinho (Apodi), Dr. Nelson Inácio dos Santos (Assu), Dr. Aguinaldo Pereira da Silva (Caraúbas), Dr. Mariano Coelho (Currais Novos), Dr. Cleodon Carlos de Andrade (Pau dos Ferros), Lindolfo Gomes Vidal (Santo Antônio) e Monsenhor Expedito (São Paulo do Potengi). Na capital, as cirurgias eletivas seguirão acontecendo nos hospitais Dr. José Pedro Bezerra, o Santa Catarina, Pediátrico Maria Alice Fernandes e Central Cel. Pedro Germano (Hospital da PM).

A ampliação do programa ainda engloba contratos relativos aos serviços de anestesiologia, que contemplam serviços em Natal, nos hospitais da PM, Monsenhor Walfredo Gurgel e Pediátrico Maria Alice Fernandes, Parnamirim, no Hospital Maternidade Divino Amor, Santo Antônio e São Paulo do Potengi.

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter