Irmãos entram em disputa por vaga na Câmara com ideologias opostas (Fotomontagem: Blog do Barreto)

Irmã bolsonarista e irmão petista disputam vaga de deputado federal no RN

Nos últimos anos o Brasil vive uma triste realidade da divisão entre as famílias por causa da política após a ascensão do bolsonarismo que radicalizou o debate no país.

As crises familiares se tornaram comuns. Alguns sabem lidar, outros não. Há os que deixam as disputas para as urnas e mantém o respeito interno ainda que saiam candidatos.

É o caso do médico Alexandre Motta (PT) e da bioquímica e capitã da Polícia Militar Carla Câmara (PL). Eles são irmãos que serão candidatos a deputado federal.

Em conversa com o Blog do Barreto os dois demonstraram um profundo amor um pelo outro e o cuidado em colocar a família acima das diferenças políticas.

Alexandre já foi candidato ao Senado em 2018 obtendo 242.465 votos, ficando na sexta colocação. Em 2020 ele perdeu as prévias do PT para ser candidato a prefeito do Natal para o senador Jean Paul Prates. Carla Câmara, ou Capitã Carla, como se apresenta, é estreante em disputas eleitorais.

Alexandre disse ao Blog que as integridade familiar está preservada mesmo com as candidaturas e diferenças políticas. “A integridade da família pra mim precisa ser mantida. Ela continua, e continuará, sendo minha irmã, apesar das visões de mundo diferentes”, disse. “E continuará merecendo meu respeito e meu carinho, mesmo defendendo o que defende”, frisou.

Carla não escondeu a admiração que tem pelo irmão. “Tenho o maior carinho pelo meu irmão, grande homem e profissional, uma das melhores pessoas que conheço. Entretanto, os posicionamentos pertencem a cada um”, disse.

Ela disse ser candidata para defender a maior participação feminina na política e a valorização dos policiais. Também destacou a defesa da democracia e liberdade de expressão. “Como cidadã, tenho minhas convicções, assim como meu irmão tem as dele. Como defensora da democracia plena entendo como salutar o contraditório, ou melhor, o direito ao contraditório. Acredito, acima de tudo, no estado democrático de direito e defendo a pluralidade das ideias, a maior participação das mulheres e a valorização contínua dos policiais em busca de mais segurança para todos”, disse.

Alexandre teve a candidatura a deputado federal pelo PT confirmada no sábado. Carlos terá o nome aprovado em convenção no próximo domingo.

 

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter