Juíza marca audiência antes de decidir sobre validade do corte de ponto dos professores

A juíza da 3ª Vara da Fazenda Pública Adriana Santiago Bezerra marcou para o dia 8 de maio, às 14h, uma audiência de conciliação entre a Prefeitura de Mossoró e Sindicato dos Servidores Públicos de Mossoró (SINDSERPUM) para buscar uma solução para o impasse causado pela decisão da prefeita Rosalba Ciarlini (PP) de manter o corte de ponto dos professores que encerraram a greve.

A crise entre prefeita e professores persiste porque mesmo com o encerramento da greve, Rosalba manteve o corte de ponto mesmo sem qualquer decisão judicial que ampare a decisão.

Ela condiciona o pagamento aos docentes à medida em que eles forem repondo as aulas contrariando o usual neste tipo de situação que é a suspensão do corte do ponto por meio da garantia da reposição dos dias letivos.

Na última sexta-feira, veículos de comunicação ligados ao rosalbismo espalharam que a juíza Adriana Santiago negara o pedido de liminar suspendendo o corte de ponto. No entanto, o que houve foi um despacho em que a magistrada solicitou mais informações antes de deliberar sobre justiça gratuita.

A informação foi esclarecida pelo Blog do Barreto (ver AQUI) no último sábado.

Veja o despacho da juíza AQUI

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *