Mossoró terá base instalada em container

O secretário Municipal de Segurança Pública e Defesa Civil, Alvibá Gomes, visitou a Base da Polícia Militar no bairro de Nova Descoberta, em Natal, para conhecer pessoalmente estrutura e operacionalidade do equipamento instalado em container. Estrutura semelhante está sendo adquirida pela Prefeitura de Mossoró para ser instalada nos bairros com os maiores índices de violência.

Conforme Alvibá Gomes, esse modelo de base policial é uma novidade no Estado e deve contribuir com a redução da criminalidade. A expectativa é de que até o fim de fevereiro pelo menos quatro unidades cheguem a Mossoró. A aquisição desse modelo de base policial foi solicitada ao prefeito Francisco José Junior e prontamente atendida, reforçando a postura da atual gestão com relação à segurança pública, uma de suas prioridades de governo.

“A ideia dos containers é inovadora e prática. Nele, se cria um ambiente salubre, higiênico e menos dispendioso na montagem e manutenção das estruturas. Nessa base, iremos trabalhar de forma integrada com Guarda Municipal e Polícia Militar. Vamos prestar serviço de excelência 24 horas, onde poderemos monitorar as áreas em conjunto e proporcionar a redução da violência em nossa cidade”, afirma.

Compartilhe:

Comments

comments

2 opiniões sobre “Mossoró terá base instalada em container

  • 15 de janeiro de 2016 em 22:48
    Permalink

    E as maravilhosas BIC’s, outrora tão defendidas e elogiadas não possuem mais eficiência? Precisamos mais uma vez rasgar o erário público com mais uma forma impensada de tampar o sol com a peneira ?

    Resposta
  • 15 de janeiro de 2016 em 22:55
    Permalink

    A pergunta inicial é: esses equipamentos foram comprados, cedidos ou alugados pela PMM? Se são alugados, será que compensa mesmo pagar o aluguel dessas estruturas móveis (que um dia serão devolvidas) ou seria melhor investir em uma construção fixa,mas própria? É algo parecido como o Programa Minha Casa Minha Vida do governo federal. Analisar os Pós e Contra e ver o que é melhor para o município e para o povo.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *