Pivô de operação que investiga contratação de servidores fantasmas conquista vitória no STJ

A ex-chefe de gabinete da Assembleia Legislativa Ana Augusta Simas conseguiu liminar revogando a prisão preventiva determinada pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.

A decisão monocrática é de ministra Laurita Vaz do Superior Tribunal de Justiça (STJ). No entanto, Ana Augusta está impedida de conversar com outros investigados e entrar na Assembleia Legislativa.

Ana é pivô da Operação Canastra Real que investiga um esquema de contratação de servidores fantasmas na Assembleia Legislativa.

Saiba mais AQUI e AQUI

Compartilhe:

Comments

comments

Uma opinião sobre “Pivô de operação que investiga contratação de servidores fantasmas conquista vitória no STJ

  • 28 de maio de 2019 em 10:38
    Permalink

    Bruno Barreto bom dia. Amigo tenho um vizinho muito engraçado e que gosta muito de política, e cometa sempre comigo os noticiários diários. A semana passada comentou a prisão de Ana Augusta Simas comigo e profetizou. “Cesar aposto um pacote de cerveja mais um frango assado e uma porção de baião de dois que ela não passa mais de 15 dias presa” Ai eu disse para o colega, amigo estou ficando velho, biruta não e foi risadas a vontade. Ai hoje você nós trás essa notícia, hoje a noite com certeza vai puxar esse assunto novamente.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *