Por que a Hering está deixando o RN?

Hering está deixando o RN (Foto: divulgação)

A Hering anunciou que está fechando a fábrica no Rio Grande do Norte. Logo começou uma gritaria de setores da imprensa, que inclusive aplaudiram a venda dos campos maduros da Petrobras que resultará em menos empregos e impostos.

Mas por que a empresa está saindo do Estado? Pesquisamos e constatamos que a Hering vem passando por uma grave crise que se agravou com a pandemia do novo corona vírus.

No final de maio já havia registros que a marca teria tido uma de 89,2% em seus lucros no primeiro trimestre (https://economia.uol.com.br/noticias/reuters/2020/05/28/lucro-da-cia-hering-desaba-89-no-1-tri-com-fechamento-de-lojas.htm).

Ainda no final de maio a empresa decidiu encerrar as atividades da marca PUC, de moda infantil (https://www.nsctotal.com.br/colunistas/pedro-machado/hering-decide-tirar-a-marca-infantil-puc-do-mercado).

Não foi só no Rio Grande do Norte a empresa decidiu fechar fábricas. Em agosto a de Anápolis (GO) anunciou que estava encerrando suas atividades (https://portal6.com.br/2018/08/11/apos-21-anos-fabrica-da-hering-esta-encerrando-as-atividades-em-anapolis/).

Mas não é só por causa da pandemia que a empresa está mal das pernas. Ano passado já havia registros na queda de seus lucros (https://www.terra.com.br/economia/cia-hering-lucro-liquido-e-ebitda-recuam-mais-de-20-no-2-trimestre,b510b4a9f0c4a7bfe5999861f9cdfce609zizq1d.html).

Hoje a Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERN) divulgou nota explicando que a saída da empresa se deu por um reposicionamento do mercado e se comprometendo em atrair novos clientes para as oficinas de costura do interior potiguar.

Segue abaixo:

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *