Por que quero ser reitora 1 (Por Ludimilla Oliveira)

Imagem: Youtube/reprodução

Por Ludimilla Oliveira*

A Universidade é um espaço de sonhos, de esperança, de transformação e crescimento na vida das pessoas!

Aos 44 anos, sou uma mossoroense oriunda de uma família simples, mas que sempre acreditou na educação como um caminho capaz de mudar a realidade social.

Estudei em Escolas públicas, aos 16 anos casei, fui mãe e segui uma trajetória de vida pautada na luta, sempre acreditandoem dias melhores.

Ingressei aos 17 anos na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte –UERN, no curso de Economia precisei parar e só continuar 07 anos depois, já no curso de Serviço Social. Estudar, enfrentando os problemas domésticos e sendo professora de aula particular, foram minha rotina sem nunca enterrar meus sonhos.

Viver a Universidade ao longo dos anos durante a graduação, especialização, mestrado e doutorado, foi também acompanhar a desistência de muitas jovens da minha idade naquela época da caminhada, em função das dificuldades sociais e econômicas,e outras pela maternidade. Então, fui levada a refletir que podia fazer mais pela juventude, se eu consegui, outros conseguirão. Afinal é possível, viver dias melhores, construir sua própria história e ser uma mulher com espaço na sociedade!

Os passos dados me levaram a ser professora de uma Universidade Federal com uma diferença: conheço a trajetória dos que saem da Escola Pública. Por isso, quero a partir dessa oportunidade ser uma Reitora que vai trabalhar pela valorização, pela inclusão e pelo fortalecimento desses jovens. Assim como, atuar com ética, respeito, compromisso e comprometimento com a causa pública e coletiva.

É nossa missão fazer na UFERSA um espaço de educação gratuita, com qualidade nas ações de ensino, pesquisa e extensão com uma gestão democrática de resultados para a sociedade..

*É Professora da Ufersa.

Nota do Blog: o espaço está aberto para outros postulantes enviarem artigos neste formato. A publicação será no próximo domingo.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *