Prefeitura exonera investigados pela “Operação Desmob”

Em nota, a Prefeitura de Mossoró anunciou a exoneração dos investigados pela “Operação Desmob”, dentre eles o secretário Charlejandro Rustayne.

“O prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior, esclarece à população mossoroense que, diante da operação deflagrada na manhã desta quarta-feira, 16, junto à Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), resolve exonerar todos os cargos comissionados e funções gratificadas dos envolvidos.

Decide também suspender o pagamento dos plantões desta secretaria, bem como abrir sindicância via Secretaria de Administração em relação ao assunto, para que sejam apurados todos os fatos denunciados.

No mais, o Prefeito deixa claro que não aceita e nunca aceitará nenhuma irregularidade em sua administração e que, em se comprovando qualquer ato de infração, os responsáveis serão punidos de acordo com a lei”.

Compartilhe:

Comments

comments

2 opiniões sobre “Prefeitura exonera investigados pela “Operação Desmob”

  • 16 de dezembro de 2015 em 21:22
    Permalink

    Amigo Bruno Barreto, esse é o Francisco José Lima Silveira Júnior, que conheço a vinte anos, o mesmo não era pra ter esperado tanto pra agir, que faça uma fiscalização rigorosa em todos os setores da PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ. Exemplo, o mesmo chegar cedo nas repartições da PMM, verificando se os funcionários estão trabalhando de verdade ou estão brincando de trabalhar, sejam efetivos, comissionados ou terceirizados, pois os trabalhadores das terceirizadas estão demostrando fidelidade ao Prefeito, pois é quem estão aguentando o pancão de muitos setores da PMM. Será que com os outros servidores sem receber por tanto tempo, como estaria os serviços Públicos de Mossoró ?. Respondo: UMA LASTIMA. Bruno, desculpa o desabafo. um abraço cordial de um leitor diário do seu blog.

    Resposta
  • 17 de dezembro de 2015 em 08:56
    Permalink

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *