Professora busca doações para custear tratamento de saúde

A professora Geane Medeiros sofreu um aneurisma roto grau 4 no dia 27 de julho desse ano quando praticava uma atividade física. Ela precisa de ajuda para custear o tratamento.

A partir daí ela iniciou uma jornada de luta pela vida. “Nos primeiros 14 dias de tratamento, tudo transcorreu da maneira esperada. Porém, infelizmente durante a madrugada do décimo quinto dia ela contraiu uma infecção pulmonar e precisou ser intubada”, conta o marido dela Eliton Medeiros.

Nos meses seguintes ocorreram outras infecções pulmonares, obrigando os médicos a mudarem os planos de cirurgia. “Não foi mais possível fazer o procedimento mais comum, que é a clipagem. Mas mesmo diante das dificuldades, a equipe optou por realizar processo de embolização, um procedimento cirúrgico realizado por cateter. A cirurgia foi bem sucedida, com poucos danos ocorridos na região cerebral”, explica Elinton.

A situação levou Geane a ficar mais de cem dias em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) onde ela teve diversas complicações secundárias como contrair bactérias que prejudicaram sangue, rins, pulmões, e trato urinário.

As orientações médicas para sanar os problemas passadas a família foi a de iniciar tratamento médico hospitalar na cidade de Goiânia (GO). “O objetivo é investigar e tratar anemia crônica, onde a cada dia a hemoglobina vem alterando, baixando muito e a infecção pulmonar que vem persistindo”, frisa Elinton. “Agradeço a Deus pelo milagre de minha esposa ter sobrevivido até agora e confio plenamente na sua recuperação”, complementa.

Mas como os custos são altos, uma campanha para realizar os procedimentos se faz necessária. Geane foi professora da rede municipal e estadual em Mossoró e foi diretora por três anos da Escola Municipal José Benjamim.

Você puder doar pode fazer da seguinte forma:

Se tiver conta Banco do Brasil através da conta 135103-6 agência 3526-2 ou se sua conta for em outro banco pelo pix geane.maiamedeiros@gmail.com.

Conheça o perfil Todos por Geane AQUI e tenha mais informações sobre como ajudar.

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter