RN ultrapassa dois mil casos confirmados do novo coronavírus

Secretário adjunto de Saúde do RN, Petrônio Spinelli, lembrou que prontos-socorros são a porta de entrada para os hospitais que tratam Covid (Imagem: Reprodução)

O Rio Grande do Norte tem 2.033 casos confirmados do novo coronavírus e 93 óbitos confirmação de Covid-19. As informações foram repassadas pelo secretário adjunto de Saúde, Petrônio Spinelli, durante a coletiva de imprensa desta terça-feira, 12.

Os óbitos informados durante a coletiva são referentes a uma paciente de Natal, que faleceu no dia 7 de maio; ela tinha 73 anos e possuía comorbidade. Em Mossoró duas mortes foram registradas, uma delas foi de um paciente de 35 anos, que faleceu no domingo, 10, como foi noticiado aqui, e a outra foi de uma paciente de 73 anos de idade, sem comorbidade relatada, que faleceu ontem, 11, no Hospital São Luiz.

O número de óbitos em investigação aumentou. “Está crescendo, e de forma assustadora, os óbitos em investigação. Nós não estamos tendo ‘pernas’ para mais rapidamente diagnosticar esses óbitos em investigação, Nós, no momento, temos 49 óbitos em investigação. Aquilo que eu chamei a atenção e tenho chamado a atenção que está se aproximando o número de investigação com o número de confirmados”, disse o secretário, acrescentando que isso mostra a gravidade da situação e a rapidez dos óbitos.

O número de pessoas com suspeita do novo coronavírus notificadas no RN hoje é de 7.383, 5.677 casos foram descartados e 734 pessoas estão recuperadas.

Petrônio Sipnelli voltou a lembrar que a porta de entrada do serviço de Saúde são os prontos-socorros e Unidades de Pronto Atendimento, que analisam a necessidade de regulação, e informou sobre a solicitação por leitos especializados no tratamento aos sintomas de Covid nesta terça-feira.

No momento há solicitação de transferência para 27 pacientes, sendo, segundo o secretário adjunto, um paciente classificado como ‘prioridade 1’, atribuída à pacientes graves que precisam de UTI, dois pacientes considerados como ‘prioridade 2’ (pacientes graves) e 24 pacientes avaliados como ‘prioridade 3’, aguardando transferência. Os dados se referem aos momentos anteriores à coletiva.

Ainda de acordo com o secretário, no momento há 282 pessoas internadas.

Com relação à ocupação dos leitos críticos, o secretário adjunto afirmou que, em Mossoró, há duas vagas no Hospital São Luiz e dos 17 leitos existentes no Hospital Regional Tarcísio Maia, 15 estão ocupados, mas três pessoas estão em processo de alta.

O secretário informou que em Caicó também houve alta de pacientes e 12 dos 20 leitos estão ocupados. Em Pau dos Ferros não havia pessoas internadas no momento de coleta das informações apresentadas.

Já Natal continua em uma situação dramática. De acordo com Petrônio, o Hospital Giselda Trigueiro está com 100% de ocupação dos leitos e o Hospital da Polícia com 90% de ocupação e a informação é de que o Hospital Municipal também está com 100% de ocupação.

“Esperamos com as aberturas de leitos previstas para essa semana que a gente volte a um patamar que nos retire a angústia do colapso, pelo menos, durante essas próximas horas, os próximos dias. É importante ressaltar que existe uma causa e efeito muito bem definido e muito bem definido pela ciência e pelos sanitaristas, pelos epidemiologistas, não existe solução sem isolamento social significativo”, complementou Spinelli.

Compartilhe:

Comments

comments

2 opiniões sobre “RN ultrapassa dois mil casos confirmados do novo coronavírus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *