Robinson admite inviabilidade de voos comerciais em 12 de abril

Robinson discurso

Rede News 360

Ouvido pelo portal REDE NEWS 360, na tarde desta sexta-feira (10), na cidade de Apodi, quando cumpria agenda no Oeste potiguar, o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), se disse muito preocupado com curto espaço de tempo para cumprir todas as exigências feitas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), no tocante a liberação do Aeroporto Dix-sept Rosado, para operação de voo comercial a partir de abril do corrente ano, em Mossoró.

Questionado sobre o andamento do pedido de liberação do aeroporto, Robinson explicou que o Governo do Estado vem fazendo sua parte e que acompanha o trâmite burocrático em Brasília. No entanto, admitiu a possibilidade de não conseguir viabilizar a liberação até o dia 12 de abril, data anunciada para o primeiro voo Mossoró-Recife, da companhia Azul.

“O pedido está andando. Houve um probleminha porque a Anac fez algumas exigências. General Fraxe foi à Brasília com o secretário Ruy e estamos tentando resolver. Estou muito preocupado porque prometi voo a partir de 12 de abril, mas parece que não vai dá tempo. A Anac só autoriza voo comercial depois que o aeroporto tiver todos os equipamentos de segurança exigidos, então o governo tem que comprar esses equipamentos. O aeroporto foi reformado, mas tem a parte de equipamentos para a segurança dos passageiros, como raio-x e outros. É o que está na lei nacional. Uma nova previsão não depende só do governo. Estamos fazendo nossa parte, mas depende também da Anac autorizar e ela está acompanhando o governo nessa parceria”, explicou Robinson.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *